Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Equipe de segurança de Lula planeja trajeto com carro blindado na posse

Caberá a Lula decidir se fará percurso na Esplanada dos Ministérios em carro aberto no próximo domingo

Modo escuro

Continua após a publicidade
SAO PAULO, BRAZIL - OCTOBER 02: Former President of Brazil and Candidate for the Worker's Party (PT) Luiz Inacio Lula da Silva waves to supporters during general elections day on October 2, 2022 in Sao Paulo, Brazil. After a polarized campaign between Lula and Bolsonaro, the largest Latin American nation votes for president amid an economic crisis.  (Photo by Rodrigo Paiva/Getty Images) (Rodrigo Paiva/Getty Images)

SAO PAULO, BRAZIL - OCTOBER 02: Former President of Brazil and Candidate for the Worker's Party (PT) Luiz Inacio Lula da Silva waves to supporters during general elections day on October 2, 2022 in Sao Paulo, Brazil. After a polarized campaign between Lula and Bolsonaro, the largest Latin American nation votes for president amid an economic crisis. (Photo by Rodrigo Paiva/Getty Images) (Rodrigo Paiva/Getty Images)

A
Agência O Globo

Publicado em 26 de dezembro de 2022 às, 14h43.

A menos de uma semana da posse, o entendimento da equipe de segurança do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é de que ele não deve desfilar em carro aberto no próximo domingo na Esplanada dos Ministérios. O entorno do petista, no entanto, resiste a ideia de Lula percorrer o trajeto em carro blindado e defende que se mantenha a tradição da posse. O próprio presidente eleito deverá se opor a recomendação da Polícia Federal.

Para policiais da equipe de segurança, a bomba encontrada no aeroporto de Brasília no sábado influencia neste planejamento, que é dinâmico e se molda conforme o cenário. A avaliação é de que com o cenário de hoje, Lula deve utilizar o carro blindado. Caberá ao presidente eleito decidir. Policiais preparam análises técnicas para apresentar as duas possibilidades a Lula: os riscos de fazer o trajeto com carro aberto e a possibilidade o percurso ser feito em carro blindado.

Se for feito com carro aberto, o trajeto na Esplanada inicia na Catedral de Brasília vai até o Congresso e do Congresso segue até o Palácio do Planalto.

Policiais federais que trabalham na proteção do presidente eleito já tinham identificado o risco antes do episódio da bomba no aeroporto de Brasília e incluíam este tipo de ameaça no planejamento.

Outra dúvida quanto ao trajeto de Lula é a de que, se ele optar por fazer em carro aberto, o Rolls Royce presidencial será usado ou não. Em coletiva de imprensa, a primeira-dama Rosângela Silva, a Janja, afirmou que o veículo estaria com o banco danificado, o que, segundo ela, teria ocorrido na posse de Jair Bolsonaro (PL) em 2018.

Será necessário, portanto, verificar as condições do carro para ver se haverá condições de Lula utilizá-lo para desfile em carro aberto. A Polícia Federal também fará uma inspeção no veículo nesta semana. O objetivo dos agentes é oferecer todas as possibilidades para que Lula decida.

O entorno de Lula acredita que, mesmo com a recomendação da PF, Lula não aceitará desfilar carro blindado pelo perfil popular da festa e pelo desejo do próprio presidente eleito de percorrer o trajeto próximo às pessoas que estarão na Esplanada. Outro ponto levantado é de que o desfile nestes moldes faz parte da tradição das posses e de que é preciso confiar na organização das polícias e nos monitoramentos de inteligência.

O entendimento é de que as ações terroristas são amadoras e que o esquema de segurança que vem sendo preparado será profissional, reforçado, com atiradores de elite e agentes infiltrados entre o público. Petistas também estão empenhados a não deixar que o clima de medo desmobilize a militância — são esperadas 300 mil pessoas na posse de Lula.

LEIA TAMBÉM:

Últimas Notícias

Ver mais
Câmara aprova projeto que permite hemodiálise em doentes renais em trânsito no SUS

Brasil

Câmara aprova projeto que permite hemodiálise em doentes renais em trânsito no SUS

Há 3 horas

Moro depõe em ação que pode levar a sua cassação e diz que ficou 'ofendido' com PT e PL

Brasil

Moro depõe em ação que pode levar a sua cassação e diz que ficou 'ofendido' com PT e PL

Há 4 horas

Pacheco diz que veto da desoneração deve ser analisado no dia 14 em sessão do Congresso

Brasil

Pacheco diz que veto da desoneração deve ser analisado no dia 14 em sessão do Congresso

Há 5 horas

Até quando vai o calor em São Paulo? Tempo deve ter virada; veja previsão

Brasil

Até quando vai o calor em São Paulo? Tempo deve ter virada; veja previsão

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

“A geração de energia caminha lado a lado com o desenvolvimento econômico”, diz Paulo Câmara

“A geração de energia caminha lado a lado com o desenvolvimento econômico”, diz Paulo Câmara

Desktop investe no interior e alcança 1 milhão de clientes de internet banda larga em São Paulo

Desktop investe no interior e alcança 1 milhão de clientes de internet banda larga em São Paulo

CPFL fortalece sua estratégia ESG com compromissos ambiciosos para 2030

CPFL fortalece sua estratégia ESG com compromissos ambiciosos para 2030

Uso de dados será principal desafio na gestão de pessoas em 2024

Uso de dados será principal desafio na gestão de pessoas em 2024

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais