• AALR3 R$ 20,17 -0.64
  • AAPL34 R$ 65,68 -2.42
  • ABCB4 R$ 16,78 -3.23
  • ABEV3 R$ 13,99 -1.06
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,75 0.47
  • AGRO3 R$ 30,86 0.06
  • ALPA4 R$ 20,33 -1.98
  • ALSO3 R$ 19,01 -0.47
  • ALUP11 R$ 26,70 0.38
  • AMAR3 R$ 2,40 -1.64
  • AMBP3 R$ 29,85 -2.26
  • AMER3 R$ 23,42 1.43
  • AMZO34 R$ 65,74 -1.76
  • ANIM3 R$ 5,45 -1.09
  • ARZZ3 R$ 80,03 -1.44
  • ASAI3 R$ 15,85 2.59
  • AZUL4 R$ 20,96 -1.32
  • B3SA3 R$ 12,01 1.69
  • BBAS3 R$ 36,73 2.89
  • AALR3 R$ 20,17 -0.64
  • AAPL34 R$ 65,68 -2.42
  • ABCB4 R$ 16,78 -3.23
  • ABEV3 R$ 13,99 -1.06
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,75 0.47
  • AGRO3 R$ 30,86 0.06
  • ALPA4 R$ 20,33 -1.98
  • ALSO3 R$ 19,01 -0.47
  • ALUP11 R$ 26,70 0.38
  • AMAR3 R$ 2,40 -1.64
  • AMBP3 R$ 29,85 -2.26
  • AMER3 R$ 23,42 1.43
  • AMZO34 R$ 65,74 -1.76
  • ANIM3 R$ 5,45 -1.09
  • ARZZ3 R$ 80,03 -1.44
  • ASAI3 R$ 15,85 2.59
  • AZUL4 R$ 20,96 -1.32
  • B3SA3 R$ 12,01 1.69
  • BBAS3 R$ 36,73 2.89
Abra sua conta no BTG

Em bate-boca, Caiado pede que Lindbergh faça antidoping

Com apenas duas horas de sessão de julgamento do impeachment, senadores já partem para troca de farpas
Ronaldo Caiado e Lindbergh Farias batem boca durante primeiro dia do julgamento do impeachment de Dilma - 25/08/2016 (Reuters)
Ronaldo Caiado e Lindbergh Farias batem boca durante primeiro dia do julgamento do impeachment de Dilma - 25/08/2016 (Reuters)
Por Talita AbrantesPublicado em 26/08/2016 11:06 | Última atualização em 26/08/2016 11:06Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo – Com apenas duas horas do início da primeira sessão do julgamento final do impeachment, um grupo de senadores já protagonizou a primeira confusão do dia. Os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) trocaram xingamentos e quase partiram para a agressão física.

Tudo começou quando a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) afirmou que o Senado não tinha moral para acusar Dilma de ter cometido crime de responsabilidade .

O líder do DEM no Senado rebateu – aos gritos — que não era "assaltante de aposentados", uma referência clara ao marido da senadora, ex-ministro Paulo Bernardo, que é suspeito após suspeita de desvios em contratos de crédito consignado a aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos

Ato contínuo: Lindbergh caminha em direção a Caiado com o dedo em riste chamando-o de "canalha". E afirmou: "Quem sabe de você é Demóstenes, Quem sabe de você é Carlinhos Cachoeira". Em resposta, Caiado pede para Lindbergh fazer "antidoping. Fica cheirando aqui não", diz. 

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) também entrou na briga e pediu para Caiado "respeitar o PT. Não me venha falar mal do PT de novo", disse. 

A acusação de Lindbergh não é gratuita. Em março, o ex-senador Demóstenes Torres (DEM-GO) acusou Caiado de ter financiado suas campanhas de 2002, 2006 e 2010 com dinheiro do bicheiro Carlos Augusto Ramos, mais conhecido como Carlinhos Cachoeira. 

Para acalmar os ânimos, o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, suspendeu a sessão — que foi retomada logo após a confusão. 

Continue acompanhando a cobertura completa do julgamento final do impeachment de Dilma em nosso blog ao vivo. 

Veja Também

Simone Tebet
Eleicoes
Há 5 dias • 3 min de leitura

Simone Tebet

Luiz Inácio Lula da Silva
Eleicoes
Há 5 dias • 4 min de leitura

Luiz Inácio Lula da Silva