Eleições 2022: Lula confirma que participará do debate da Globo

Debate da TV Globo acontece na próxima quinta-feira, 29
 (Heuler Andrey/Getty Images)
(Heuler Andrey/Getty Images)
D
Da redação, com agências

Publicado em 25/09/2022 às 12:51.

Última atualização em 25/09/2022 às 12:58.

O candidato do PT à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse que quer participar do debate da TV Globo na próxima quinta-feira. "Eu quero aproveitar o espaço da televisão para conversar com vocês", referindo-se à população, em evento que ocorre na quadra da Portela no Rio.

Fique por dentro de tudo sobre as Eleições 2022 e os resultados das pesquisas eleitorais. Clique aqui e receba gratuitamente a newsletter EXAME Desperta

A exemplo de Gleise Hoffmann, presidente nacional do PT, ele conclamou os eleitores a participarem das eleições no próximo domingo. "Você precisa votar até para ter o direito de exigir, de xingar".

"E temos que estar alertas. Esse maluco que está lá é capaz de fazer com que muitas empresas tirem ônibus de circulação para muitas pessoas não votarem no domingo", comentou Lula, referindo-se ao presidente Jair Bolsonaro.

Veja como assistir ao vivo ao debate para presidente da Globo

"E vamos votar até a pé. Vamos tirar ele de lá, povo brasileiro, porque temos saudade da democracia. Se o Brizola estivesse vivo, ele estaria aqui pedindo voto para nós", comentou, em menção ao ex-governador do Rio, Leonel Brizola.

Quem é convidado aos debates?

Ao todo, foram registradas junto ao TSE 11 candidaturas na disputa para presidente:

  • Ciro Gomes (PDT)
  • Eymael (Democracia Cristã)
  • Felipe D’Ávila (Novo)
  • Jair Bolsonaro (PL)
  • Leonardo Péricles (Unidade Popular)
  • Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
  • Padre Kelmon (PTB)
  • Simone Tebet (MDB)
  • Soraya Thronicke (União Brasil)
  • Sofia Manzano (PCB)
  • Vera Lúcia (PSTU)

Cada debate tem suas regras sobre quem convidar. O convite a apenas parte dos candidatos é comum e autorizado pela Justiça Eleitoral.

A legislação eleitoral (no artigo 46 da lei 13.488/2017) somente obriga, no entanto, que candidatos de partidos com mais de cinco cadeiras no Congresso sejam convidados para os debates (isto é, candidatos de partidos com cinco senadores ou deputados somados).

No geral, os veículos de comunicação escolhem, além da bancada no Congresso, as pesquisas eleitorais como critério. Uma regra comum usada como divisão pelos veículos é convidar candidatos com mais de 1% das intenções de voto nas pesquisas.

VEJA TAMBÉM:

Sem Lula, candidatos participam de debate no SBT; veja destaques

Quem é Padre Kelmon, candidato do PTB que apareceu no debate deste sábado

Na reta final da eleição, as boas notícias (e os riscos) para Lula e Bolsonaro nas redes sociais