Doria diz que PSDB deve sair do governo, mas apoiar reformas

Prefeito disse que olhar só para a política partidária agora pode ser um erro muito grave

São Paulo - O prefeito de São Paulo, João Doria, reiterou neste domingo, 9, que seu partido, o PSDB, desembarque do governo do presidente Michel Temer, mas apoie as reformas em andamento no País.

Segundo o tucano, essas questões serão discutidas em reunião prevista para esta segunda-feira, 11, no Palácio dos Bandeirantes, sede do executivo paulista, com as principais lideranças da legenda, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, governadores e parlamentares.

"Não defendo que o PSDB se mantenha no governo. Defendo que o PSDB tenha um olhar para o Brasil, e como fazer para que as reformas continuem", afirmou.

Após participar do desfile cívico em homenagem aos combatentes da revolução constitucionalista de 1932, na Capital, além de pedir um "olhar para o País", o prefeito da capital considerou ser um gravíssimo erro, que pode agravar ainda mais a crise, pensar nesse momento apenas na questão partidária ou na oportunidade política.

"É preciso ter consciência e equilíbrio para tomar decisões. Não vejo que as decisões devam ser apenas de ordem partidária e política. Devem ser de ordem social", disse o prefeito, fazendo uma defesa da aprovação das reformas trabalhista e da Previdência.

Doria evitou falar sobre qual seria o melhor nome para liderar o País neste momento. "Não vejo discussão em torno de nomes. Vejo discussão em torno do País, de qual é a melhor alternativa para estabilizar o País."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também