Após mal-estar, Dilma Rousseff faz exames e passa bem

A ex-presidente realizou exames no Hospital Moinho de Ventos, em Porto Alegre
Dilma: a ex-presidente se sentiu mal enquanto participava da cerimônia online da filiação do ex-deputado Jean Willys ao PT, que deixou o PSOL (Mario De Fina/Getty Images)
Dilma: a ex-presidente se sentiu mal enquanto participava da cerimônia online da filiação do ex-deputado Jean Willys ao PT, que deixou o PSOL (Mario De Fina/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 25/05/2021 às 10:57.

Última atualização em 25/05/2021 às 16:34.

A ex-presidente Dilma Rousseff passa bem após realizar exames no Hospital Moinho de Vento, em Porto Alegre, depois de ter sentido um mal-estar na noite de segunda-feira, 24.

  • Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

De acordo com a assessoria, Dilma concluiu os exames realizados no Hospital Moinho de Ventos, em Porto Alegre, e teve alta por volta das 15h30 desta terça-feira, 25. Ela já está em casa, em bom estado de saúde e consciente. Nada foi registrado nos exames feitos nesta tarde sob a supervisão do médico Paulo Caramori.

No final da manhã, em postagem nas redes sociais, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou que conversou com Dilma enquanto ela ainda fazia exames e ela já estava se sentindo melhor, "falante como sempre".

De acordo com a Rádio Gaúcha, a ex-presidente Dilma se sentiu mal enquanto participava da cerimônia online da filiação do ex-deputado Jean Willys ao PT, que deixou o PSOL. Ela foi levada ao hospital ainda na noite de ontem e permanece no local em observação após suspeita de AVC.

Dilma, de 73 anos, já tratou um câncer linfático, descoberto em 2009, quando era ministra da Casa Civil e já tinha sido indicada como candidata do PT à sucessão de Luiz Inácio Lula da Silva. O tratamento foi bem-sucedido e encerrado antes da campanha eleitoral de 2010.