Live icon 

Acompanhe ao vivo:  

Apuração das eleições 2022 em tempo real! Veja agora.

Datafolha indica empate técnico entre Castro e Freixo para governo do Rio

A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos
Num cenário de segundo turno, Castro e Freixo novamente ficam tecnicamente empatados (Montagem/Exame)
Num cenário de segundo turno, Castro e Freixo novamente ficam tecnicamente empatados (Montagem/Exame)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 19/08/2022 às 10:02.

Pesquisa de intenção de votos para governador do Rio de Janeiro feita pelo Instituto Datafolha e divulgada na noite desta quinta-feira, 18, aponta um empate técnico entre o atual governador, Cláudio Castro (PL), e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB). Castro tem 26% e Freixo, 23%. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos - portanto, a diferença tanto pode ser de nove pontos a favor de Castro como de três pontos a favor de Freixo.

Na sequência aparecem os candidatos Rodrigo Neves (PDT) e Eduardo Serra, com 5%, Wilson Witzel (PMB) e Cyro Garcia (PSTU), com 4%, Juliete (UP), com 2%, e Paulo Ganime (Novo) e Milton Temer (PSOL), com 1%. Luiz Eugênio, do PCO, não pontuou. Votos brancos, nulos ou em nenhum candidato somam 19%, e 10% dos entrevistados ainda não sabem em quem votar.

Num cenário de segundo turno, Castro e Freixo novamente ficam tecnicamente empatados: Freixo numericamente à frente, com 39%, e Castro com 38%. Votos brancos, nulos ou em nenhum candidato somam 18% e 5% dos pesquisados não sabem em quem votarão.

A pesquisa anterior do Datafolha para o governo do Rio, divulgada em 1 de julho, mostrava situação semelhante: Castro com 23% e Freixo com 22% das intenções de voto. Mas aquela pesquisa incluía outros então pré-candidatos e, por isso, não é considerada comparável à divulgada nesta quinta-feira.

Senado

Na pesquisa de intenção de voto para o Senado, o ex-atacante e atual senador Romário (PL) está na frente, com 31%, seguido por Alessandro Molon (PSB), com 12%, Cabo Daciolo (PDT), com 11%, Daniel Silveira (PTB), com 7%, Clarissa Garotinho (União Brasil) com 4%, André Ceciliano (PT), com 3%, Bárbara Sinedino (PSTU), com 2% e Raul (UP) e Itagiba (Avante) empatados com 1% cada. Hiran Roedel (PCB) não pontuou. Votos brancos, nulos ou em nenhum candidato somam 19%, e 10% dos consultados não sabem em quem vão votar.

A pesquisa, encomendada pelo jornal "Folha de S. Paulo" e pela TV Globo, ouviu 1.204 eleitores de 34 municípios fluminenses, no período de 16 a 18 de agosto. O nível de confiança é de 95%, e a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob número RJ-05939/2022.

Veja também: 

Nova dona de Congonhas assume aeroportos que deram prejuízo de R$ 8 milhões em 2021

Márcio França: 'Sou a esquerda da direita ou a direita da esquerda'