Bruno Covas assina decreto que antecipa feriados em São Paulo

Os feriados foram antecipados para 20 e 21 de maio a fim de criar um feriado prolongado e estimular o isolamento social durante a pandemia de coronavírus

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), assinou o decreto que antecipa os feriados de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra para 20 e 21 de maio, respectivamente, a fim de criar um feriadão estendido na capital paulista e estimular o isolamento social para conter o contágio pelo novo coronavírus. A decisão foi publicada na edição desta terça-feira (19) do Diário Oficial do Município.

A proposta havia sido anunciada por Covas ontem, em entrevista coletiva conjunta com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que, por sua vez, deve trazer o feriado do Dia da Revolução Constitucionalista, celebrado em 9 de julho, para a próxima segunda (25). O feriado de Corpus Christi cairia em 11 de junho, e a Consciência Negra é celebrada em 20 de novembro.

Com megaferiado de seis dias, a ideia é aumentar as taxas de isolamento social, que costumam ser maiores nos finais de semana e feriados.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.