Boulos será o candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo

A chapa, que tem a deputada Luiza Erundina como candidata a vice-prefeita, foi definida neste domingo, após um fim de semana de prévias entre filiados
Guilherme Boulos: coordenador do MTST foi candidato a presidente nas eleições de 2018 (Reuters/Nacho Doce)
Guilherme Boulos: coordenador do MTST foi candidato a presidente nas eleições de 2018 (Reuters/Nacho Doce)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 20/07/2020 09:49 | Última atualização em 20/07/2020 15:16Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, será o candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo. A chapa, que tem a deputada federal Luiza Erundina na vaga de pré-candidata a vice-prefeita, foi definida na noite deste domingo, 19, após um fim de semana de prévias entre filiados.

Boulos comemorou a vitória interna no Twitter. "O partido sai mais forte e unido. Vamos vencer em SP!", publicou o coordenador do MTST na rede social.

O agora pré-candidato a prefeito disputava a indicação com a deputada federal Sâmia Bomfim e com o deputado estadual Carlos Gianazzi. Também no Twitter, Boulos cumprimentou os correligionários pelo que chamou de "processo democrático" dentro do PSOL.

Guilherme Boulos também foi candidato a presidente da República, pelo PSOL, nas eleições de 2018.