Bolsonaro e ministros participam de evento Brasil-Países Árabes

Evento em São Paulo terá discussões sobre impacto de ESG e pandemia no comércio entre os países, além de sessões de apresentação de empresas
Grande Mesquita de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos: patrocínio de autoridades da cidade a evento para estreitar relação comercial com Brasil (Leandro Fonseca/Exame)
Grande Mesquita de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos: patrocínio de autoridades da cidade a evento para estreitar relação comercial com Brasil (Leandro Fonseca/Exame)
D
Da RedaçãoPublicado em 04/07/2022 às 06:32.

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira promove nesta segunda-feira, 4, a quarta edição do Fórum Econômico Brasil-Países Árabes, dedicado aos temas da relação bilateral entre o Brasil e os 22 países que formam a Liga dos Estados Árabes.

Realizado no hotel Renaissance, em São Paulo, o evento deve contar com a presença, de forma virtual, do presidente Jair Bolsonaro, além dos ministros Paulo Guedes (Economia), Marcos Montes (Agricultura), Joaquim Álvaro Leite (Meio Ambiente) e Flávio Rocha (Secretário Especial de Assuntos Estratégicos), que participarão por videochamada.

Presencialmente, estará o vice-presidente Hamilton Mourão.

Do lado árabe, estão previstas intervenções da ministra de Mudanças Climáticas e Meio Ambiente dos Emirados Árabes, Mariam Al Mehairi, e do ministro de Comércio e Indústria marroquino, Riad Mezouar.

A quarta edição do fórum foi dividida em quatro painéis.

O primeiro painel vai fazer um balanço dos impactos da covid-19 no comércio bilateral, ao mesmo tempo em que propõe caminhos para o futuro da parceria entre brasileiros e árabes e delinear as tendências que vão moldar as características desse comércio nos próximos anos.

O painel terá como destaque a participação do embaixador Rubens Barbosa, presidente do Instituto de Relações Internacionais e Comércio Exterior.

O segundo painel vai buscar discutir formas de agregar valor ao atual comércio entre as duas regiões, estratégias para ampliar a competitividade dos produtos brasileiros e fomentar investimentos bilaterais.

O painel também vai fazer uma análise dos impactos do possível ingresso do Brasil na OCDE, o chamado clube dos países ricos.

A discussão terá como destaque a participação do presidente do New Development Bank, Marcos Troyjo, e ngela Martins, CEO para América Latina do First Abu Dhabi Bank.

O terceiro painel vai dar destaque ao ESG, sigla para ambiente, social e governança, com a proposta de destacar iniciativas de empresas globais já estabelecidas no mundo árabe, delinear suas práticas, bem como as principais tendências em governança internacional.

O debate terá como participantes de destaque o CEO da gigante de alimentos BRF, Lourival Luz, o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal, Ricardo Santin, e o vice-presidente da certificadora FAMBRAS Halal, Ali Hussein El Zoghbi.

O último painel vai trazer uma discussão sobre como a digitalização está influenciando o comércio nos países árabes, uma das regiões do mundo onde o varejo eletrônico mais cresce.

A discussão, que vai enfocar o papel de tecnologias como Metaverso e Blockchain no comércio online, terá Roberta Junqueira, diretora de operações da Biobots Tec, e de Ahmed Elmurtada, sócio na @249Startups.

O Fórum Econômico Brasil-Países Árabes terá ainda reuniões bilaterais com delegações empresariais do Líbano, dos Emirados Árabes Unidos, do Egito, do Kuwait, da Jordânia e outros países, com pelo menos 120 empresários.

Eles vão participar de rodadas de negócios com potenciais parceiros no Brasil.