Bolsonaro diz que viagem à Rússia está mantida

O governo brasileiro enfrenta pressão dos Estados Unidos para cancelar a viagem
Bolsonaro: o presidente falou ao chegar a Porto Velho para um encontro com o presidente do Peru, Pedro Castillo (Alan Santos/PR/Flickr)
Bolsonaro: o presidente falou ao chegar a Porto Velho para um encontro com o presidente do Peru, Pedro Castillo (Alan Santos/PR/Flickr)
Por ReutersPublicado em 03/02/2022 12:46 | Última atualização em 03/02/2022 12:52Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira, novamente, a viagem para a Rússia este mês, e justificou afirmando que busca um bom relacionamento com o mundo todo.

"Brasil é Brasil, Rússia é Rússia. Faço bom relacionamento com o mundo todo", disse Bolsonaro ao ser questionado se a viagem estava confirmada. "Se o presidente [Joe] Biden me convidar, irei aos Estados Unidos com maior prazer.

Bolsonaro falou ao chegar a Porto Velho para um encontro com o presidente do Peru, Pedro Castillo.

O governo brasileiro enfrenta pressão dos Estados Unidos para cancelar a viagem, que ocorrerá em meio à ameaça russa de invadir a Ucrânia e uma crise internacional que opõe a Rússia aos Estados Unidos e os países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).