Bolsonaro diz lamentar ausência de PSOL e PT em cerimônia de posse

"Soube que PT e PSOL não comparecerão à cerimônia de posse presidencial em repúdio a mim. Lamento!", escreveu, no Twitter

São Paulo - O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), disse lamentar o anúncio de PSOL e PT, de que seus deputados e senadores não vão participar da cerimônia de posse, no dia 1º de janeiro, no Congresso. "Soube que PT e PSOL não comparecerão à cerimônia de posse presidencial em repúdio a mim. Lamento!", escreveu, no Twitter.

Líderes do PT, PSOL e PCdoB anunciaram ontem, 28, que seus deputados e senadores não vão participar da cerimônia. Outros partidos que já declararam oposição ao futuro governo, como PDT e PSB, informaram que alguns líderes também não devem comparecer à solenidade.

Em nota, o PT disse reconhecer o resultado da eleição, mas disse que o processo foi descaracterizado pela ausência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa, além de criticar a propagação de mentiras nas redes sociais contra o candidato Fernando Haddad, derrotado no segundo turno.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.