Após temporal, Covas interrompe licença e reassume prefeitura de SP

O atual prefeito de São Paulo saiu de licença não remunerada em 9 de março, por "motivos pessoais", e retornaria no dia 15

São Paulo — Com as fortes chuvas que atingiram a capital paulista e a região metropolitana, o prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB), que estava de licença, antecipou o seu retornou e volta nesta segunda-feira (11) para a capital paulista.

Covas saiu de licença não remunerada em 9 de março e retornaria no dia 15. "Depois de determinar a criação do comitê de crise e acompanhar todas as ações dos secretários para diminuir o impacto causado pela forte tempestade durante a madrugada e a manhã de hoje, o prefeito reassume o cargo a partir desta terça-feira", informou em nota a Prefeitura de São Paulo.

Mais cedo, a administração municipal convocou uma coletiva de imprensa às pressas. Prefeito em exercício de São Paulo, Eduardo Tuma disse nesta segunda-feira (11) que não havia nada que pudesse ter sido feito antes para evitar a tragédia que aconteceu na cidade com a forte chuva desta madrugada.

O prefeito em exercício Eduardo Tuma disse, em coletiva, que "mesmo longe Covas estava presente" para ajudar na situação. Segundo ele, um comitê de crise foi formado e todas as decisões estariam sendo coordenadas por Covas.

Ele foi questionado diversas vezes pelos jornalistas sobre a licença de Covas e se o momento seria apropriado para se ausentar da Prefeitura. Tuma não respondeu aos questionamentos e apenas afirmou que o prefeito "estava presente".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também