Apoio da oposição não significa ser anti-governo, diz Cunha

O peemedebista, que concorre à Presidência da Câmara, disse que não é candidato de oposição "nem de submissão" ao governo

São Paulo - Candidato à presidência da Câmara pelo PMDB, deputado Eduardo Cunha (RJ), disse nesta segunda-feira, 26, não ver problemas em ser da base do governo e receber apoio de partidos da oposição.

Em discurso na sede da Força Sindical em São Paulo, o peemedebista disse que não é candidato de oposição "nem de submissão" ao governo, mas abriu as portas para o PSDB, maior partido contrário ao governo Dilma Rousseff.

"Podem vir todos os partidos de oposição inteiros que a minha posição não vai mudar. Ninguém vai para o Procon reclamar da minha atuação como presidente da Câmara. Vou fazer aquilo que estou prometendo na campanha", afirmou o candidato.

Cunha e seus apoiadores trabalham para costurar uma aliança com o PSDB. Questionado pela reportagem se a concretização do acordo significaria um passo para o distanciamento do governo Dilma, Cunha discordou.

"Você deveria fazer essa pergunta quando o DEM e o Solidariedade declararam apoio. O DEM é muito mais oposição do que o PSDB é", disse o peemedebista.

Após discursar na Força Sindical, berço político do deputado Paulo Pereira da Silva, presidente do Solidariedade, Eduardo Cunha seguiu para um almoço na região da Avenida Paulista.

Ainda nesta segunda-feira, ele se encontra com deputados do PSDB de São Paulo. Perguntado sobre a proximidade de acordo com os tucanos, Cunha disse que vai ao almoço dos deputados para "conversar".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também