A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Aécio recebia mesada de até R$ 2 milhões, diz VEJA

Segundo reportagem da Veja, o colaborador Henrique Valladares teria identificado o parlamentar como o “mineirinho” na lista de propinas da companhia

São Paulo – O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, recebeu “vantagens indevidas” em troca de apoio a projetos da Odebrecht, relataram Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empreiteira, e outro executivo da empresa.

Segundo reportagem do site da revista Veja, o colaborador Henrique Valladares teria identificado o parlamentar como o “mineirinho” na lista de propinas da companhia.

Ainda de acordo com Valladares, Aécio recebia mesadas que variavam de 1 milhão a 2 milhões de reais.

Nesta segunda-feira (10), Marcelo Odebrecht também disse, em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria o “amigo” registrado na planilha de propinas milionárias da empreiteira, e que o ex-ministro Antonio Palocci responderia pelo codinome “italiano”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também