Aécio diz que PSDB será parceiro do governo Temer até o fim

Aécio disse que dar suporte às reformas estruturais e a medidas macroeconômicas em curso é o melhor que o partido pode fazer pelo país

Brasília - O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse nesta quarta-feira que o partido será o principal parceiro do governo do presidente Michel Temer até o final.

Em meio ao impasse da nomeação do líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy (BA), para a Secretaria de Governo e a notícias de que os tucanos poderiam deixar de apoiar o governo, Aécio disse que dar suporte às reformas estruturais e a medidas macroeconômicas em curso é o melhor que o partido pode fazer pelo país.

As declarações de Aécio foram feitas a jornalistas depois de reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e senadores, a maior parte deles tucanos, para discutir medidas econômicas após aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos e perspectivas para a economia em 2017.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.