Ônibus que levava turistas de SP a Paraty tomba e deixa ao menos 6 mortos

Acidente ocorreu no trecho de serra da rodovia Oswaldo Cruz, onde é proibida passagem de coletivos
 (Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(Corpo de Bombeiros/Divulgação)
A
Agência O Globo

Publicado em 13/11/2021 às 14:43.

Última atualização em 13/11/2021 às 17:49.

Ao menos seis pessoas morreram depois que um ônibus de turismo com 66 passageiros tombou neste sábado (13) na rodovia Oswaldo Cruz (SP-125) sentido Ubatuba, na altura de São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba. Cinco pessoas morreram no local durante o resgate, entre elas uma criança, e outra chegou a ser socorrida na Santa Casa de Ubatuba, mas não resistiu.

Outras 48 pessoas foram atendidas por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Doze passageiros saíram ilesos.

  • Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

Um helicóptero Águia da Polícia Militar também foi deslocado ao trecho do acidente, além de ambulâncias municipais de São Luís do Paraitinga e de Ubatuba, que auxiliaram no socorro às vítimas..

O acidente aconteceu por volta das 7h, quando o ônibus tombou no trecho de serra, na altura do quilômetro 76. A passagem de coletivos e caminhões é proibida na rodovia Oswaldo Cruz, justamente pela pista simples, estreita e pelas curvas sinuosas na região.

O ônibus de excursão, de dois andares, chegou a ser parado pela polícia e teve de voltar. No retorno, o motorista perdeu o controle, e o veículo tombou.

O ônibus pertence à empresa Viação Arca e transportava 66 passageiros de São Paulo para Paraty, no Rio de Janeiro.

Com o local ainda interditado na manhã deste sábado, há pelo menos dez quilômetros de congestionamento na rodovia no sentido litoral, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O fluxo de carros é mais intenso também devido ao feriado da Proclamação da República.

Em nota, a prefeita de Ubatuba, Flavia Pascoal, agradeceu a colaboração que a cidade está recebendo dos municípios vizinhos.

“Quero agradecer de coração a solidariedade e o apoio que estamos recebendo de prefeituras da região para viabilizar que algumas transferências de pacientes sejam consolidadas, preservando sempre a vida e o atendimento de qualidade. Neste momento de grande tristeza e dor, agradecemos o esforço e apoio de todas as equipes envolvidas neste importante trabalho de resgate”, diz um trecho do texto.