YouTube ganha processo sobre propriedade intelectual

Canal de tevê Telecinco acusava site de vídeos de violar direitos autorais da emissora
Empresa fundada por Chad Hurley e Steve Chen contestou acusação de violação a direitos autorais (.)
Empresa fundada por Chad Hurley e Steve Chen contestou acusação de violação a direitos autorais (.)
D
Da RedaçãoPublicado em 23/09/2010 às 18:11.

Madri - O YouTube afirmou nesta quinta-feira (23) que venceu um processo aberto pelo canal espanhol Telecinco que afirmava que o site de vídeos violava direitos autorais da emissora.

A Telecinco afirmava que a veiculação no YouTube de vídeos sobre os quais detém direitos de propriedade intelectual causava danos e prejuízos para a emissora.

"A sentença reconhece que, legalmente, o YouTube é um mero intermediário que oferece serviço de hospedagem de conteúdo e, por isso, não pode ser obrigado a controlar previamente os vídeos enviados pelos usuários", afirma o Google.

O juiz considerou a impossibilidade do YouTube deter controle sobre os mais de 500 milhões de vídeos que abriga e destacou que a empresa não realiza nenhum trabalho editorial sobre os mesmos.

A sentença determina, ainda, que os titulares de direitos autorais são as partes que devem identificar e notificar o YouTube, de forma individualizada, sobre eventuais violações, afirma o Google. A Telecinco apelou da decisão.

Leia outras notícias sobre o YouTube

Siga as notícias de Tecnologia do site EXAME no Twitter