YouTube é a nova ameaça às operadoras de TV paga

Serviço via internet já oferece 60 canais nos Estados Unidos
 (Omar Marques/SOPA Images/LightRocket/Getty Images)
(Omar Marques/SOPA Images/LightRocket/Getty Images)
L
Lucas Agrela

Publicado em 23/01/2019 às 16:11.

Última atualização em 23/01/2019 às 16:16.

São Paulo – O YouTube entrou na briga contra operadoras pelo serviço de TV por assinatura. A empresa expande nesta semana seu serviço YouTube TV nos Estados Unidos.

Com 60 canais que são transmitidos online, como CNN, ABC e Fox, a empresa oferece planos de assinatura de 40 dólares mensais–inicialmente, a assinatura custava 35 dólares, mas houve reajuste de preço em janeiro de 2018.

A expansão leva agora o serviço a 98% do mercado norte-americano. Lançado em 2017, o YouTube TV tem mais de 800 mil assinantes, de acordo com dados divulgados em julho do ano passado.

Com isso, não só a Netlfix representa uma ameaça às operadoras, mas o YouTube entra na disputa, com o noticiário e esporte ao vivo como diferencial, além de programas de TV.

Ainda não há previsão de chegada do YouTube TV ao mercado brasileiro.