Tecnologia
Acompanhe:

CES 2023: futurismo dos carros autônomos sai de moda e veículos mais 'pé no chão' ganham a vez

A Consumer Electronics Show deste ano destacará as tecnologias de transporte que existem aqui e agora, como tratores autônomos e carros elétricos comuns

A feira de tecnologia CES: evento ocorre em Las Vegas, nos EUA (Steve Marcus/Reuters)

A feira de tecnologia CES: evento ocorre em Las Vegas, nos EUA (Steve Marcus/Reuters)

B
Bloomberg

3 de janeiro de 2023, 14h29

O futurismo vai dar lugar à realidade nas exibições automotivas da mais badalada feira de tecnologia do mundo em Las Vegas, onde edições passadas já prometeram que um estilo de vida dos Jetsons estava chegando.

Desta vez, quando começar em 5 de janeiro, a Consumer Electronics Show destacará as tecnologias de transporte que existem aqui e agora, como tratores autônomos e carros elétricos comuns. 

Depois do colapso espetacular da Argo AI, a antiga unidade de carros autônomos da Ford e da Volkswagen, o foco da CES deste ano é o lucro, não o potencial. Tanto as montadoras quanto as startups mostrarão tecnologias que esperam gerar um retorno sobre o investimento no curto prazo, não em um amanhã que pode nunca chegar.

Trator autônomo na CES 2022: veículos do tipo já estão prontos para o mercado consumidor (PATRICK T. FALLON/Getty Images)

O show ainda estará repleto de produtos que tentam causar impacto. Pelo menos 274 expositores de automóveis e mobilidade cobrirão uma área de cerca de 40.000 metros quadrados — o equivalente a sete campos de futebol — um aumento de 70% do espaço físico em relação aos níveis deprimidos pela pandemia do ano passado, de acordo com a Consumer Technology Association, que organiza o evento.

Mas praticidade e lucratividade serão as palavras do dia em uma CES mais sóbria.

“Não há dúvida de que houve uma mudança”, disse Gary Shapiro, presidente da CTA, em entrevista. “O governo Biden se concentrou mais em veículos elétricos do que em autônomos”.

E os expositores farão o mesmo. Haverá um conceito de picape elétrica da Stellantis para competir com o F-150 Lightning da Ford, R1T da Rivian e o aguardado CyberTruck da Tesla. A startup Lordstown Motors vai mostrar a sua caminhonete elétrica Endurance. A BMW exibirá um carro-conceito de serviços digitais. GM, Mercedes e Volvo também vão divulgar novos EVs.

Na área de veículos autônomos, em vez de maravilhas da tecnologia que nos levam a qualquer lugar, a estrela do show provavelmente será um trator da John Deere, que promete aliviar a carga de trabalho dos fazendeiros.

“Existem ótimos brinquedos por aí e vai ser incrível, mas temos que ser realistas sobre como vamos usá-los”, disse Gary Silberg, sócio global e chefe da área automotiva da KPMG.

LEIA TAMBÉM