Uber testa serviço de patinetes elétricos

Programa de aluguel de e-scooters é testado em São Francisco

Parece que as marcas estão vendo uma oportunidade no ramo dos patinetes motorizados em São Francisco, EUA. A Uber quer uma permissão para operar as chamadas “e-scooters”, confirmou a empresa à The Verge. Foram cedidas apenas cinco licenças que permitiriam a operação de um programa de aluguel de scooters elétrico nas ruas da cidade, segundo a Agência Municipal de Transportes de São Francisco (SFMTA).

O número de scooters é limitado a 1.250 nos primeiros seis meses. Se esse número funcionar, pode aumentar para 2.500.

Enquanto a cidade está processando as permissões, nenhuma empresa pode ter suas scooters nas ruas da cidade. Se as empresas não seguirem essa regra, poderão perder sua chance de obter a autorizaçãp. O SFMTA, que está emitindo as licenças, disse que provavelmente vai demorar até o final de junho para finaliza-las.

Os modelos seriam adicionados à frota da Uber ao lado de carros que compartilham caronas e bicicletas fornecidas pela startup de compartilhamento de bicicletas Jump, que a empresa adquiriu em abril.

“A nova licença e o piloto foram construídos para priorizar a segurança pública, aumentar a equidade e focar na prestação de contas”, disse o porta-voz do SFMTA, Paul Rose, em um e-mail.

Para obter as autorizações, a empresa precisa demonstrar que vai fornecer educação aos usuários sobre o uso de capacetes e não andar nas calçadas, bem como as melhores práticas para o estacionamento seguro de scooters. Eles também precisam estar segurados e ter uma política de privacidade para proteger as informações dos usuários. É cargo da marca também compartilhar dados de viagem com a cidade, fornecer acesso a todos os bairros e oferecer um plano para os passageiros de baixa renda.

Uber, Lyft, Bird, Lime, Spin, Scoot, Razor, Ofo e Ridecell confirmaram que pediram a permissão. As outras três empresas – CycleHop, Uscooter e Skip não retornaram.

As informações são do The Verge e do Mashable.

*Este conteúdo foi publicado originalmente no AdNews

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.