Uber renova cesta serviços e traz opções de ônibus, van e carro elétrico

Mirando em lucratividade em um momento onde os preços dos combustíveis pesam na operação, a Uber busca novos caminhos para atender a demanda de passageiros junto da sua ambição de construir um 'superapp' de transporte
Serviço de viagens do Uber: novas opções incluem até mesmo ônibus fretado para festas (Germano Lüders/Exame)
Serviço de viagens do Uber: novas opções incluem até mesmo ônibus fretado para festas (Germano Lüders/Exame)
Por André LopesPublicado em 19/05/2022 11:46 | Última atualização em 19/05/2022 13:19Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A Uber tem uma nova lista de metas para o seu negócio. Segundo o que a empresa anunciou durante o evento global de produtos Go Get 2022, que ocorreu no início da semana, o foco principal daqui para a frente é ampliar a oferta de serviços de transporte, atraindo diferentes tipos de motoristas e clientes.

Para começar, em julho, o app deve iniciar os testes de algumas novas opções de viagens. A maioria delas dão conta de categorias de veículos atualmente estão fora do app, incluindo carros elétricos, ônibus e vans.

A companhia também ensaia estabelecer uma nova relação com os motoristas com a intensão de manter o número de cadastrados estável.

Em uma recente teleconferência de resultados com os investidores, a Uber disse que os motoristas que ingressam ou retornam à plataforma aumentaram 121% ano a ano em abril.

A divulgação do número foi uma forma da Uber tranquilizar o mercado e frear a venda de ações que ocorreram depois que a Lyft previu um ano difícil à frente, e no qual precisaria investir pesadamente em incentivos aos motoristas.

Ainda assim, uma análise da RBC Capital Markets, divulgada pelo Financial Times, sugere que o aumento dos custos de combustível está pesando muito na oferta de motoristas, apesar dos esforços da empresa para compensar parte do custo.

Logo, faz sentido aumentar a oferta de serviços para diversificar a operação. Confira abaixo a lista completa da nova cesta de serviços da Uber, que começam a ser lançados a partir dos EUA, mas que ainda não possuem previsão para chegar no Brasil.

Viagens

Com o recurso Uber Travel a ideia é se locomover quando se está fora da cidade de origem. Os passageiros interessados podem vincular o perfil do Gmail às suas contas Uber, permitindo que a plataforma tenha acesso a dados como reserva de voo e hotel. Até sugestão de restaurantes o app pode oferecer a partir disso.

Segundo a empresa, a pessoa pode agendar viagens para cada um desses eventos, e a Uber devolverá 10% em Uber Cash.

O Uber Travel está disponível desde segunda-feira, nos EUA. O Canadá passa a oferecer a novidade dentro de algumas semanas.

No Reino Unido esse recurso será um pouco diferente. A Uber fará um teste dando aos usuários a opção de reservar trens, ônibus e aluguel de carros, a partir deste mês.

Aluguel de ônibus

O Uber Charter, que está sendo lançado nos EUA, é uma parceria com a US Coachways, um serviço de ônibus nacional, que permite que os passageiros reservem veículos grandes como ônibus e vans diretamente pelo aplicativo Uber.

Um dos benefícios para o usuário é que será possível organizar o transporte de grupos de pessoas — como numa festa, por exemplo.

Vouchers de eventos

O Uber Vouchers pode ser útil em casamentos e outros eventos. É um serviço que estava disponível para empresas, mas agora qualquer pessoa poderá usar.

Uber elétrico

O Uber Green permite solicitar uma viagem em um veículo híbrido ou elétrico. O recurso já existe há algum tempo em algumas cidades, mas a nova opção "Comfort Electric" permite especificamente solicitar uma carona em um "EV premium", tipo um Tesla.

A atualização está disponível em Los Angeles, San Francisco, San Diego e Dubai.

Mapa de postos de recarga de bateria

Já para os motoristas que utilizam veículos elétricos, a Uber está lançando o mapa de carregamento. A ferramenta mostra os carregadores de veículos elétricos mais próximos, suas velocidades de carregamento e navegação para chegar lá —isso deve facilitar para os motoristas recarregarem seus carros durante o turno, por exemplo.

Além disso, o EV Hub fornece aos motoristas informações sobre incentivos estaduais e federais para mudar para EVs, descontos para determinados EVs e uma ferramenta de comparação de custos.

Uber Eats: pilotos de entrega autônoma

A Uber anda investindo nas entregas autônomas (ou seja, sem necessidade de humanos entregando a comida). Para isso, firmou parceria com a startup de entrega por meio de robôs Serve Robotics e a empresa de tecnologia de veículos autônomos Motional.

A novidade começará a funcionar de maneira piloto (teste), com poucos entregadores remotos em West Hollywood e Santa Monica, Los Angeles (EUA).

Pedido por voz

Ao integrar o Google Assistente à plataforma Uber Eats, os clientes poderão fazer os pedidos através de comando de voz.

Basta dizer "OK Google" e pedir ao telefone para pedir uma refeição em um restaurante no aplicativo.

O recurso está disponível em inglês em todo o mundo.