Registo de endereço ".br" chega a 4 milhões no Brasil

O custo da anuidade do domínio atualmente é de R$ 40

O registro de domínios ".br" no país atingiu a marca de quatro milhões. As informações foram divulgadas nesta segunda, 1º, pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), que é a entidade responsável pelo registro de domínio no Brasil.

Segundo a entidade, são mais de 120 categorias (DPNs) disponíveis, destinadas a pessoas físicas (por exemplo, "blog.br", "wiki.br"), a profissionais liberais ("eng.br", "adv.br", entre outras), a pessoas jurídicas ("tv.br", "tur.br" etc.) e cidades ("rio.br", "sampa.br", "curitiba.br" entre outros). Há ainda terminações reservadas para fins específicos ("gov.br", "jus.br", "b.br", "org.br" e outras).

O custo da anuidade do domínio atualmente é de R$ 40 .O montante arrecado pela prestação deste serviço permite ao NIC.br manter o serviço do registro e publicação dos domínios com terminação ".br". Também possibilita o investimento em uma série de ações e projetos que geram benefícios e melhorias para a infraestrutura da Internet no país, além da operação de pontos de troca de tráfego (PTTs), tratamento de incidentes de segurança e estatísticas da Internet no Brasil.

*Este conteúdo foi originalmente publicado no site Teletime

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.