Internet via satélite de Elon Musk irá custar R$ 530 por mês no Brasil

A Starlink oferece conexão ultrarrápida, mas é preciso desembolsar 4.500 reais só para o kit chegar em casa; veja preços
 (Getty Images/Yuri Smityuk/TASS)
(Getty Images/Yuri Smityuk/TASS)
Por Laura PanciniPublicado em 09/02/2022 07:00 | Última atualização em 10/02/2022 20:24Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Após aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a Starlink finalmente chega ao Brasil — mas com um preço bastante salgado. A rede de satélites que é braço da SpaceX terá um custo mensal de 530 reais para oferecer sua internet ultra-rápida ao público.

O serviço será representado pela 'Starlink Brazil Holding Ltda.' até março de 2027 e não deve interferir em outros sistemas de sátelites não geoestacionários do país. A aposta do CEO Elon Musk está nas áreas mais remotas, onde a fibra óptica não consegue chegar.

Interessados já podem fazer uma reserva, mas o preço vai muito além dos 500 reais mensais. Para ter a Starlink em casa, é necessário pagar:

  • Kit com antena, base, roteador Wi-Fi e mais: R$ 2.670
  • Envio e manuseio: R$ 365
  • Impostos: como o produto vem dos Estados Unidos, o consumidor deve pagar os impostos da Receita Federal. O preço pode chegar aos R$ 1.600 reais.
  • Serviço mensal: R$ 530
  • Total: R$ 5.165

A internet via satélite de Musk promete velocidade de acesso entre 100 e 200 Mbps, além de redução da latência de até 20 milissegundos na maioria dos locais. Os números devem subir na medida que mais satélites vão ao espaço.

Atualmente, a Starlink conta com mais de 2.000 satélites na órbita baixa da Terra, e a expectativa é que este número chegue a um total de 4.425 em 2024.