Pavilion dm4-2075br

logo-infolab

Fugindo do óbvio, esse Pavilion oferece design caprichado e recursos raros em notebooks de 14 polegadas. O corpo tem acabamento em metal escovado e leitor de impressão de digital. Por dentro, traz bastante espaço em disco para arquivos e placa de vídeo dedicada. O desempenho do modelo nos testes do INFOlab ficou acima da média com gráficos em 3D, mas ele está longe de ser a máquina dos sonhos dos gamers. Um ponto forte são as opções de conexão sem fio, que não se restringem ao Wi-Fi comum e ao bluetooth. O Pavilion dm4-2075br possui WiDi (Wireless Display), uma tecnologia que permite espelhar a tela do notebook em TVs compatíveis ou conectadas a receptores WiDi, exatamente como fazemos hoje com o cabo HDMI. Porém, as primeiras TVs com a tecnologia só vão chegar às lojas brasileiras nos próximos meses. O modelo também tem a função MyWi-Fi, que promove conexões diretas por Wi-Fi com até oito dispositivos sem precisar de rede local ou roteador. O que faltou? Portas USB 3.0. 

 Quem sai de casa atualmente para comprar um notebook médio com Windows vai se deparar com um grande oferta de computadores que utilizam o mesmo processador: o Intel Core i5 2410M. Esse é o caso do dm4-2075. Claro, como existem poucas coincidências no mundo da eletrônica, tal domínio de segmento de mercado não é um mero acaso. O 2410M é um dos processadores de notebook mais adequados para uso doméstico que temos a nossa disposição.

 A dupla de núcleos dessa CPU roda a um clock básico de 2,3 GHz, mas um deles pode alcançar a frequência de 2,9 GHz em algumas situações. Na prática, isso significa que o processador é rápido o suficiente para levar a maioria das tarefas a cabo sem titubear. Há, sem dúvida, outros processadores da própria linha Core i5 que são capazes de realizar mais estripulias, mas elas sé raramente são relevantes para quem só quer usar o Office e jogar um ou outro game.

Falando em jogos, passemos à parte gráfica. O dm4-2075 tem uma placa de vídeo dedicada, o que por si só já é uma vantagem. Mas não espere nada grandioso dela. Estamos falando de uma AMD Radeon 6470M, com 1 GB de GDDR3 RAM. Trata-se de uma placa ligeiramente mais eficiente que a Nvidia 520M, que também é popular entre os notebooks de 14 a 16 polegadas, mas ambas não são muito superiores ao chip gráfico integrado que a Intel oferece com seus processadores. 

 De qualquer forma, a memória dedicada e os drivers da AMD vão fazer a diferença na hora de rodar vídeos em alta resolução e jogos que usam muitas texturas. Outra questão que merece ser levantada é o fato de que a controladora gráfica da Intel ainda não suporta o DirectX 11, o mais recente conjunto de API gráficas para Windows. Desse modo, uma placa dedicada ainda é essencial para games novos que dão atenção especial à parte visual. 

 Para completar o cenário atraente da configuração do dm4-2075, há uma grande oferta de memória. São 4 GB de RAM e um HD de 750 GB. Uma pena que o disco se limite a seguir a média com uma velocidade de 5400 RPM. O conjunto do hardware alcançou bons resultados nos benchmarks que rodamos aqui no INFOlab. No PCMark 7, que avalia o desempenho geral, a máquina atingiu uma marca mediana de 1838 pontos. Por outro lado, a pontuação no benchmark de desempenho gráfico 3DMark06 foi mais positiva: 4815 pontos. 

 

Benchmark PCMark 7 (em pontos)
Barras maiores indicam melhor desempenho

Positivo Premium N8820

3.675

Itautec Infoway Note W7535

2.223

HP Pavilion dm4-2095br

2.137

MSI FX420

2.093

HP Pavilion dm4-2075br

1.838

LG P420 5454

1.701

Benchmark 3DMark06 (em pontos)
Barras maiores indicam melhor desempenho

HP Pavilion dm4-2095br

4.936

MSI FX420

4.844

HP Pavilion dm4-2075br

4.815

Positivo Premium N8820

4.749

Itautec Infoway Note W7535

4.030

LG P420 5454

2.595

Os bons resultados não foram desperdiçados por más escolhas no campo do software. Além de utilizar a versão Professional do Windows 7, a HP manteve o número de aplicativos inúteis a um mínimo. Dos programas pré-instalados que têm função real vale mencionar o gerenciador do leitor biométrico. Esse aplicativo relaciona as impressões digitais do usuário a passwords de vários sites, o que facilita o processo de login.

|quebra|

Outro software digno de nota, por motivos positivos e negativos, é o maneja a webcam. Embora ele ofereça uma gama de recursos maior que a média, a maioria destes só funciona em filmagens com resolução de, no máximo, 640 x 480. O fato de que a câmera é capaz de filmar em 720p a 30 frames por segundo e com um bit rate relativamente alto nos leva a imaginar que não houve grande esforço por parte da HP para adaptar o software ao hardware aprimorado.

O dm4-2075 é flanqueado por um número razoável de conexões. São três USB 2.0, uma ethernet, um leitor de cartão (SD e MMC), uma HDMI, uma D-sub e um drive de DVD. Ou seja, nada fora do esperado. A redes sem fio são responsabilidade do Wi-Fi e do bluetooth (na versão 3.0), que são por sua vez complementadas pelo WiDi e pelo MyWi-Fi. Como comentamos no início da resenha, só sentimos falta da USB 3.0, uma porta que proporciona transferências de arquivos muito mais rápidas que as da versão anterior.

Mesmo assim, essa omissão por parte da HP deve ser relevada. Além do fato de que o chipset mais difundido da Intel não oferece suporte nativo ao USB 3.0, ainda é preciso considerar que não há uma presença tão forte de periféricos que utilizam essa conexão. Em outras palavras, o usuário fica limitado às velocidades usuais do USB 2.0 na maioria dos casos. No entanto, esse cenário será bem diferente daqui a alguns anos: a tendência é que o novo padrão de USB se popularize rapidamente.

Com sua mistura de plástico e metal, o visual do modelo aqui resenhado não difere muito do restante da linha Pavilion dm4. Trata-se de um acabamento sólido e atraente. Nada espetacular, mas de boa qualidade. O teclado é espaçoso e resistente o suficiente para aguentar qualquer seção de digitação inspirada. Contudo, existem algumas peculiaridades no layout das teclas. Há uma tecla dedicada para os símbolos “?” e “/”, mas ela fica em uma posição atípica: na última fileira de botões. Já o Shift do lado esquerdo é menor que o normal, o que às vezes leva o digitador a pressionar a tecla para “\” acidentalmente. Já o touchpad oferece uma área útil razoável, mas poderia haver um pouco mais de espaço para os gestos que utilizam mais de um dedo.

Apesar das grifes Beats Audio e Altec Lansing, o sistema de áudio desse Pavilion não impressiona. Como é comum em notebooks, falta potência e definição ao som. Similarmente, a tela não foge muito da média em termos de brilho e resolução (1366 x 768). Também não nos surpreendemos ao observar o resultado do teste de bateria. O dm4-2075 suportou 1 hora e 33 minutos de uso intenso, uma marca esperada de um computador com essa configuração. 

 
Duração da bateria em uso intenso
Barras maiores indicam melhor desempenho

Itautec Infoway Note W7535

1h55min

LG P420 5454

1h34min

HP Pavilion dm4-2075br

1h33min

HP Pavilion dm4-2095br

1h16min

Positivo Premium N8820

1h12min

MSI FX420

0h59min

Ficha técnica

Tela 14”
Processador Intel Core i5-2410M 2,3 GHz
RAM 4 GB
Armazenamento HD de 750 GB
GPU Radeon HD 6470M 1 GB
Peso 2 kg
Drives DVD-RW
SO Windows 7 Professional
Duração de bateria 1h33min

Avaliação técnica

Prós Configuração relativamente boa; Wireless Display; MyWi-Fi;
Contras Não tem portas USB 3.0;
Conclusão O dm4-2075 não é espetacular, mas, ao investir em áreas tradicionalmente importantes para notebooks ao mesmo tempo em que se diferencia pela conectividade, ele consegue equilibrar bem o custo com o benefício;
Média 7.9
Preço R$ 2399

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.