Órgão antitruste canadense entra com ação contra o Google

Agência alega que a companhia está abusando de sua posição de liderança no mercado de buscas online

Toronto – A agência antitruste canadense entrou com uma ação contra o Google, alegando que a companhia está abusando de sua posição de liderança no mercado de buscas online, unindo-se às autoridades antitruste europeias e norte-americanas nas críticas às práticas da gigante da Internet.

O órgão regulador, em uma ação datada de 11 de dezembro, requer que o Google forneça informações sobre suas práticas de negócios, incluindo contratos.

Um porta-voz do órgão antitruste canadense disse que a decisão de entrar com a ação foi baseada no fato de que o Google tem, ou deveria ter, informação relevante para oferecer às investigações do órgão sobre as práticas da companhia.

O Google não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

O escopo das investigações canadenses é semelhante ao daquelas sendo conduzidas nos Estados Unidos, União Europeia e no Brasil por práticas anticompetitivas.

O órgão alega ter razões para acreditar que o Google, desde 2005, manteve práticas anticompetitivas. Isso incluiria assinar acordos de exclusividade com desenvolvedores de sistemas de operadoras de celular e privilegiar seus próprios serviços, como o Google News, em detrimento de conteúdo de competidores.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.