A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Megaevento de tecnologia Dreamforce volta a acontecer presencialmente

Promovido pela SalesForce, conferência, agora em escala reduzida, promete trazer novidades e inovações de software e relacionamento com clientes

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia

O maior evento da cidade de São Francisco está de volta nesta terça, 21, ainda que em escala reduzida. A conferência de tecnologia Dreamforce, promovida pela gigante Salesforce volta a acontecer presencialmente, apesar de, nesta edição, não contar com audiências de 170.000 pessoas como já aconteceu em anos anteriores.

O evento geralmente com grandes atrações musicais e palestrantes de renome: este ano, quem inicia o evento é a banda Foo Fighters, e as palestras incluem grandes CEOs e personalidades, como Ola Källenius, da Daimler & Mercedes Benz, e os atores Will Smith e Jane Fonda. O CEO da Salesforce, Marc Benioff, também está entre os palestrantes.

Para os que não podem comparecer presencialmente, o evento será transmitido em um streaming criado pela empresa.

Mas apesar dos grandes nomes e destaques, vale ficar de olho nas novidades que podem surgir do evento. Há anos, a Salesforce, líder no segmento de software em nuvem para relacionamento com clientes, promove uma mensagem de foco no consumidor e em usuários, algo que o mercado de tecnologia tem tornado um padrão de indústria.

Em meio às transformações que diversas empresas passaram desde o início da pandemia para acelerar seus negócios e outras que estão retomando projetos, a SalesForce tem tido resultados crescentes, como um faturamento de 6,3 bilhões de dólares no trimestre encerrado em julho, alta de 23% ante o mesmo período do ano passado.

A companhia também tem crescido suas áreas de atuações com grandes aquisições. Em dezembro, a Salesforce anunciou a aquisição do sistema de mensagens corporativos Slack em um meganegócio de 27 bilhões de dólares.

Nos últimos anos, a Salesforce fez aquisições de peso. Em 2018, comprou a MuleSoft por 6,5 bilhões de dólares e, no ano seguinte, gastou 15,3 bilhões de dólares para incorporar o sistema de visualização de dados Tableau. A Tableau, sediada em Seattle, tem mais de 86.000 clientes, incluindo pesos-pesados de tecnologia, como a Verizon e a Netflix. Novidades dessas áreas, e desses produtos, também podem surgir no evento que começa nesta terça.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também