iPhone dará adeus ao cabo Lightning; USB-C é o novo padrão da Apple

Decisão da fabricante acata nova lei da UE que exige um carregador-padrão para todos os dispositivos, incluindo smartphones e tablets
 (picture alliance/Getty Images)
(picture alliance/Getty Images)
A
André Lopes

Publicado em 26/10/2022 às 14:40.

Última atualização em 26/10/2022 às 14:55.

Apesar de relutante, a Apple afirmou nesta terça-feira, 23, que irá cumprir a lei da União Europeia que obriga os dispositivos eletrônicos a terem um padrão de carregamento comum, o USB-C.

A decisão, apurada pelo The Wall Street Journal, coloca um fim à entrada proprietária da marca, a Lightning, encontrada em boa parte dos dispositivos, já que a empresa deve colocar o novo padrão em todos os dispositivos que fabricar a partir de 2023.

Em março deste ano, a companhia já testava dispositivos com a porta USB-C, além de um adaptador que permitiria que futuros iPhones funcionem com acessórios projetados para o atual conector Lightning.

Segundo um comunicado do Parlamento Europeu, que aprovou a lei, a adoção geral do USB-C "faz parte de um esforço mais amplo de tornar os produtos mais sustentáveis, reduzir o lixo eletrônico e facilitar a vida dos consumidores".

Há também uma defesa sobre a padronização do carregamento do dispositivos, "permitindo aos utilizadores carregarem os seus dispositivos à mesma velocidade com qualquer carregador compatível".