Internet 5G chega ao Moto G, que mantém compromisso de preço acessível

O smartphone da Motorola será vendido pela operadora Claro e pela fabricante; o Moto G 5G Plus é, hoje, o aparelho com 5G mais barato do país

Em 2013, o Moto G inaugurou uma categoria que trazia recursos avançados para smartphones vendidos por menos de 1.000 reais. A linha rapidamente tornou-se a mais vendida da história da Motorola, superando a família Razr, aquela conhecido pelo flip. Com o passar do tempo, o Moto G se ramificou em diferentes versões com mais ou menos recursos, mas sempre se manteve fiel à missão inicial: popularizar o acesso a tecnologias avançadas. O novo Moto G 5G Plus é, hoje, o smartphone de menor custo compatível com a nova rede de internet móvel 5G, com preço de 2.999 reais. Antes, o Brasil tinha o Motorola Edge+ e o Galaxy Note 20 Ultra, com preços acima de 7.000 reais. A profissão mais valorizada na pandemia? Vire um “dev” com o curso de Data science e Python da EXAME.

O novo Moto G 5G Plus é vendido junto à operadora Claro, a primeira a oferecer a internet 5G no Brasil, apesar de o leilão de frequências da Anatel estar previsto apenas para o ano que vem. Essa internet é mais veloz do que o 4G atual, mas não se beneficia das ondas milimétricas do 5G. São elas que oferecem os maiores benefícios do 5G, como a alta velocidade de transmissão de dados e a possibilidade de lidar com trilhões de dispositivos conectados à internet. Ainda assim, a operadora Claro é pioneira nesse campo no mercado brasileiro. O aparelho será vendido exclusivamente pela Claro e pelo site oficial da Motorola.

Smartphone Android Motorola Moto G 5G Plus 2

 (EXAME/Exame)

Por dentro, o aparelho é equipado com o processador Snapdragon 765 octa-core, 8 GB de RAM e memória de armazenamento de 128 GB. O dispositivo tem seis câmeras, sendo duas frontais e quatro traseiras. A proposta para fotos é que o produto seja um bom substituto para câmeras com lentes diferentes. Com o Moto G 5G Plus, é possível tirar fotos com zoom, macro, efeito bokeh e grande-angular (ao estilo GoPro). A fabricante promete autonomia de dois dias de uso com uma única carga na bateria do dispositivo.

O Moto G 5G Plus chega para competir com smartphones como o Galaxy S20, da Samsung, e o Velvet, da LG.

Veja a ficha técnica do Moto G 5G Plus

Tela: 6,7 polegadas, Full HD+, 90 Hz, HDR10, formato 20,5:9;
Chipset: Qualcomm Snapdragon 765;
Memória RAM: 8 GB;
Armazenamento interno: 128 GB;
Câmera traseira: quádrupla, 48 + 8 + 5 + 2 megapixels (principal + grande-angular + macro + sensor de profundidade);
Câmera frontal: 16 e 8 megapixels (principal + grande-angular);
Bateria: 5.000 mAh, carregador de 20 W;
Dimensões: 168,3 x 74 x 9,7 mm;
Peso: 207 gramas;
Cores disponíveis: azul;
Sensores e conectividade: leitor de digitais na lateral, NFC, 5G DSS, 5G sub-6 GHz;
Sistema operacional: Android 10.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.