Google remove 17 aplicativos perigosos da Play Store; veja a lista

Aplicativos estavam infectados com um malware que poderia gerar cobranças indevidas aos usuários

Após uma pesquisa da empresa de segurança digital Check Point Security, o Google removeu 17 aplicativos potencialmente maliciosos da Play Store. Os programas, que antes estavam disponíveis para smartphones e tablets que usam o sistema operacional Android, não operavam de acordo com as regras da loja virtual.

A lista, que pode ser vista abaixo, conta com alguns programas que já acumulavam mais de 200 mil downloads. Os programas são variados, contendo apps de edição de imagem, de criação de emojis e de gerenciamento de contatos salvos na memória do celular.

Os programas estavam infectados com um arquivo malicioso chamado de Joker ou de Bread. O malware, que operava de forma oculta e em segundo plano, tentava fazer com que o dono do aparelho assinasse serviços pagos sem perceber. O pagamento seria feito por créditos ou apareceria na conta (no caso de usuários com planos pós-pagos).

De acordo com o site Hindustan Times, os aplicativos foram removidos da loja virtual do Google entre julho e setembro em dois movimentos. A primeira, realizada no começo de julho, removeu uma leva de 11 programas. A segunda faxina foi feita no início deste mês.

Caso você tenha algum dos aplicativos abaixo, a recomendação de especialistas de segurança é desinstalar o programa.

Confira a lista completa com os aplicativos removidos da Play Store:

  • App Locker
  • Cheery Message (duplicado na loja)
  • file. recovefiles
  • hmvoice.friendsms
  • Contact Message
  • Convenient Scanner 2
  • Emoji Wallpaper
  • Fingertip GameBox
  • Image Compress
  • Loving Message
  • Push Message - Texting & SMS
  • Relaxation Message
  • Remind Alarm
  • Safety AppLock
  • Separate Doc Scanner
  • Training Memory

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.