Google fracassa no streaming de jogos e deve encerrar o Stadia em 2023

A "Netflix de jogos" do Google foi apresentada em 2019, mas não conseguiu criar um modelo de operação sustentável
Google Stadia: assinatura garantia acesso aos jogos via nuvem (Stephen Lam/Reuters)
Google Stadia: assinatura garantia acesso aos jogos via nuvem (Stephen Lam/Reuters)
A
André Lopes

Publicado em 29/09/2022 às 15:03.

Última atualização em 29/09/2022 às 15:03.

O Google anunciou nesta quinta-feira, 29, que o Google Stadia, serviço de jogos por streaming, será encerrado.

A plataforma, que concorre no segmento com players do porte de Microsoft e Nvidia, será oficialmente encerrada no dia 18 de janeiro de 2023.

A empresa afirma que reembolsará todos os jogadores que adquiriram o Stadia, jogos e conteúdos extras do serviço pela loja Google Store. Os reembolsos estão previstos para acontecer até metade do mês de janeiro.

“Enquanto o objetivo do Stadia foi moldado com base em uma tecnologia forte, [o hardware] não ganhou a atenção que esperávamos então tomamos a decisão difícil de começar a encerrar nosso serviço de streaming Stadia”, explicou o vice-presidente do Stadia, Phil Harrison.