Samsung aposta na mistura entre celular e tablet com Galaxy Note

Apesar de não estar entre os mais populares, Samsung acredita que aparelho pode fazer sucesso e anuncia ter colocado 1 milhão de unidades do Note no mercado

São Paulo - A sul-coreana Samsung anunciou nesta quinta-feira uma marca impressionante para seu novo híbrido entre smartphone e tablet, o Galaxy Note, lançado em outubro de 2011. Em dois meses, a companhia afirmou ter colocado um milhão de unidades do aparelho no mercado mundial. A novidade por trás do anúncio está no receio prévio da companhia em emplacar um produto com uma tela bem maior do que a de todos os competidores presentes no setor de celulares inteligentes – com 5,3 polegadas.

Com o Note, a empresa tenta lançar no mercado uma nova categoria de dispositivos móveis, que ainda não tem um nome definido. Além da tela gigante – maior do que a de 4,7 polegadas do HTC Ultimate –, o aparelho traz um processador de dois núcleos com 1,4 GHz e 16 Gb de memória interna, além de um slot para cartões de memória no formato microSD. O sistema operacional é o Android, do Google, em sua versão 2.3. Para utilizar todo o potencial do aparelho, a Samsung embarcou uma caneta stylus no pacote, junto com aplicativos específicos para anotações e desenho livre.

Mesmo com a reação positiva da Samsung ao número, o Note ainda está longe de ser considerado como um smartphone popular. Por exemplo, o iPhone 4S conseguiu alcançar a mesma marca em apenas 24 horas após o seu lançamento, realizado no dia 14 de outubro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.