Facebook e Instagram testam função "não perturbe"

O recurso começa a chegar em um ano em que empresas de tecnologia, como a Apple, tentam ser menos viciantes

São Paulo -- Facebook e Instagram começaram a testar um recurso para controlar quando os usuários irão receber notificações. Chamado "não perturbe", ele é similar ao que os smartphones Android e iPhones têm para silenciar avisos de todos os aplicativos instalados. Com a nova função, os usuários poderão escolher quando não receber notificações apenas de Facebook e Instagram.

A novidade começou a ser liberada para alguns usuários nesta semana e relatos no Twitter já podem ser encontrados.

O recurso começa a chegar em um ano em que empresas de tecnologia, como a Apple, tentam ser menos viciantes.

A função "não perturbe" ainda não foi liberada para todos os usuários de Instagram e Facebook. Vale notar que nem tudo que os apps oferecem para um pequeno número de pessoas é efetivamente liberado a todos. Após alguns meses, as companhias ou lançam o recurso oficialmente ou descontinuam o teste.

O Instagram ganhou mais um recurso nesse sentido de ser menos viciante nesta semana. O aplicativo para Android e iPhone começou a mostrar um aviso de quando o usuário terminou de ver tudo que havia sido selecionado para ele naquele dia, desse modo, evitando a rolagem infinita da linha do tempo à procura de novas publicações.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.