Facebook corta laços com corretores de dados

Ação é golpe para anúncios direcionados; empresa lida com pressão para melhorar o manejo de dados depois de escândalo com Cambridge Analytica

O Facebook informou que vai encerrar suas parcerias com vários grandes corretores de dados que ajudam anunciantes a traçar perfis das pessoas na rede social, em um movimento após o escândalo sobre como Facebook trata as informações pessoais dos usuários.

A maior empresa de mídia social do mundo está sob pressão para melhorar o manejo de dados depois de divulgar que cerca de 50 milhões de usuários do Facebook acabaram erroneamente nas mãos da consultoria política Cambridge Analytica.

O Facebook ajustou as configurações de privacidade em seu serviço nesta quarta-feira, dando aos usuários controle sobre suas informações pessoais em menos etapas.

O Facebook há anos oferece aos anunciantes a opção de segmentar seus anúncios com base em dados coletados por empresas como a Acxiom e a Experian.

A ferramenta tem sido amplamente utilizada entre certas categorias de anunciantes - como montadoras, fabricantes de artigos de luxo e empresas de bens de consumo - que não vendem diretamente aos consumidores e têm relativamente pouca informação sobre quem são seus clientes, segundo o Facebook.

"Embora essa seja uma prática comum na indústria, acreditamos que esse passo ... ajudará a melhorar a privacidade das pessoas no Facebook", disse Graham Mudd, diretor de marketing de produtos do Facebook, em comunicado, na quarta-feira.

O Facebook se recusou a comentar sobre como a mudança poderia afetar sua receita publicitária.

Os anunciantes ainda poderão usar serviços de dados de terceiros para medir o desempenho de seus anúncios examinando dados de compra, disse o Facebook.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.