A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Facebook aposta em serviço de mensagem para empresas no WhatsApp

Rede social traz novidades para comunicação de empresas com consumidores e soluções para desenvolvedores e afirma que esse é o futuro

O Facebook voltou a apresentar novidades. A empresa realizou nesta quarta-feira, o F8, evento para desenvolvedores da empresa, que tem esse nome porque inicialmente era um hackathon de 8 horas de duração.

Diferentemente de anos anteriores, o F8 deste ano, realizado virtualmente por conta da pandemia de covid-19, foi mais focado em anúncios para desenvolvedores e empresas que trabalham dentro das plataformas do Facebook criando soluções de atendimento e voltada para empresas.

"Este ano focamos em vocês, os desenvolvedores ao redor do mundo, que trabalham na nossa plataforma", disse Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, durante a apresentação.

Uma das principais apostas do Facebook é nos aplicativos de mensagens, principalmente com cada vez mais empresas utilizando esse tipo de serviço para se comunicar com consumidores. "Queremos torná-la [a mensageria] o mais conveniente, discreta e personalizada possível, nos mesmos aplicativos e recursos familiares que já são usados para se comunicar com a família e amigos hoje", disse Konstantinos Papamiltiadis, vice-presidente do Facebook.

A empresa anunciou que, nesse sentido, irá permitir o acesso à API do Messenger para Instagram — sigla em inglês para interface de programação de aplicação, uma tecnologia que permite a uma empresa abrir o acesso a suas plataformas de maneira segura. Isso vai permitir que empresas possam conectar ferramentas de gestão de atendimento à rede social. De acordo com o Facebook, 90% das pessoas no Instagram seguem pelo menos um negócio.

"Com esses novos recursos, as empresas podem integrar as mensagens do Instagram com seus aplicativos e fluxos de trabalho preferidos. Isso pode gerar conversas mais significativas que aumentam a satisfação do cliente e aumentam as vendas", afirmou Papamiltiadis.

As ferramentas permitirão implementar bots de atendimento no Instagram e também fazer a transição para atendimento humano, por exemplo, entre outras funcionalidades.

Soluções para o WhatsApp

A rede social também anunciou atualizações para o WhatsApp Business e as APIs integradas, como mais agilidade para integrar empresas (foi anunciado que, agora, o processo leve apenas alguns minutos), além de funções de mensagens utilitárias (como avisos de que de um produto retornou ao estoque, por exemplo).

Mensagens para facilitar a comunicação com chatbots também estão entre as atualizações, como opções de mensagem em lista, facilitando a resposta ao atendimento automático.

As novidades devem facilitar ainda mais a entrada de empresas e do atendimento ao consumidor via chat e redes sociais, além de profissionalizar o atendimento a usuários nas redes e apps do Facebook. "Nossa visão para para mensageria de negócios é ser a maneira primária de comunicação", disse Emile Litvak, vice-presidente de mensageria para negócios. "É familiar, conveniente. Enviar uma mensagem é rápido e fácil".

De acordo com dados da Zendesk, apenas no Brasil 84% dos clientes usaram novos canais contatar empresas no ano passado. Em 46% dos casos, foram apps de mensagem como o WhatsApp, cujo uso para atendimento comercial mais do que dobrou.

O WhatsApp já testa meios de pagamentos entre pessoas no Brasil, e durante a F8 a empresa anunciou que pretende trazer, no futuro, a opção de pagar diretamente dentro do aplicativo.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também