Fabricantes de chips veem demanda maior com aumento de estoques

Normalmente, o excesso de produtos disponíveis é seguido por uma queda nos preços e uma luta para encontrar compradores
Placas de vídeo: a pandemia impulsionou as vendas no momento em que jogar e trabalhar em casa passou a ser necessário (Reprodução/Foto)
Placas de vídeo: a pandemia impulsionou as vendas no momento em que jogar e trabalhar em casa passou a ser necessário (Reprodução/Foto)
Por BloombergPublicado em 18/04/2022 07:52 | Última atualização em 18/04/2022 07:52Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O aumento de estoques por fabricantes de semicondutores geralmente tem sido um sinal de desgraça iminente para a indústria. Ao correr para atender à demanda que se acumulou durante a pandemia, elas juntaram uma enorme quantidade de chips.

Normalmente, o excesso de produtos disponíveis é seguido por uma queda nos preços e uma luta para encontrar compradores. Essa preocupação é o motivo pelo qual os investidores estão vendendo ações de semicondutores este ano, após três anos de ganhos.

O Philadelphia Stock Exchange Semiconductor Index registra queda de mais de 20% esse ano, contra menos de 7% para S&P 500.

Mas muitas fabricantes argumentam que desta vez é diferente. Executivos da Analog Devices, Micron Technology e Broadcom estão entre os que dizem que os estoques estão se recuperando de níveis perigosamente baixos e que estão apenas aumentando o necessário para atender à crescente demanda por seus produtos.

Mineração de bitcoin: uso de placas de vídeo em criptomoedas alavancou o preço e criou escassez (Foto/Reprodução)

O diretor financeiro da Analog Devices, Prashanth Mahendra-Rajah, disse que olhar para os estoques como um todo, seja em valor ou medido em dias, não fornece uma imagem tão precisa quanto no passado.

Mais dispositivos usam chips agora, então estoques mais altos refletem o que é necessário para satisfazer esses novos mercados, em vez de um excesso iminente. Com base no que a Analog Devices está vendo, pode haver alguns bolsões de acúmulo de estoque, mas em geral há uma demanda saudável e oferta insuficiente, disse ele.

“Há uma preocupação dos investidores de que os clientes tenham suprimentos em estoque”, disse Mahendra-Rajah em entrevista. “Há uma preocupação dos clientes de que não há estoques disponíveis para eles.”

Nem todos estão convencidos

“Nos últimos meses, os níveis de estoque aumentaram em quase todos os segmentos do mercado, em comparação com os bolsões de estoque que identificamos nos trimestres anteriores”, disse Chris Caso, analista da Raymond James. “Infelizmente, o padrão parece assustadoramente semelhante à nossa análise a essa altura em 2018 – que precedeu a desaceleração subsequente do setor em seis meses”.

Investidores e analistas estarão buscando pistas sobre qual visão está correta quando as maiores empresas do setor divulgarão seus balanços trimestrais nas próximas duas semanas.

Líderes de muitas fabricantes de chips mantém o discurso que a indústria ainda está apenas no início de uma expansão massiva, alimentada por um número cada vez maior de produtos com funcionalidade semelhante a computadores.

No passado, os pedidos de computadores pessoais e componentes de smartphones determinavam a saúde da indústria. Agora, executivos das empresas dizem que a demanda está mais amplamente distribuída e menos propensa a oscilar de excessos para escassez.