EUA fecham mais de 130 sites em 24 horas

Sites estariam se aproveitando das épocas de compras de final de ano dos americanos, conhecidas como Black Friday e Cyber Monday

São Paulo –Uma ação do governo dos Estados Unidos fechou mais de 130 páginas na web acusadas de pirataria.

Os sites estariam se aproveitando das épocas de compras de final de ano dos americanos, conhecidas como Black Friday e Cyber Monday, para oferecer produtos falsificados como roupas, eletrônicos e software, além de outros produtos protegidos por direitos autorais.

O departamento de justiça dos Estados Unidos não deu explicações oficiais sobre a operação, porém nas páginas bloqueadas são exibidas notificações de que a pirataria é um delito federal sob pena de prisão e multas.

A ação também estaria ligada a um projeto de lei, conhecida como SOPA, em debate no Congresso americano, e que pretende impedir o acesso a sites que ofereçam produtos ilegalmente, bloqueando o domínio e obrigando os provedores de acesso a cortar o acesso ao mesmo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.