A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Drone de patrulha pode detectar armas e interceptar celular

Agora, as aeronaves não tripuladas dão assistência a agências como FBI, Serviço Secreto, Texas Rangers e polícia local

São Paulo - O departamento de Segurança Interna (Homeland Security) dos Estados Unidos modificou seus drones Predator, normalmente utilizados em missões militares, para realizar operações de vigilância em solo norte-americano.

Com capacidade para identificar sujeitos armados mesmo à noite, e também sistemas para interceptação de redes de celular, os drones Predator B já eram utilizados na patrulha das fronteiras norte e sul dos Estados Unidos. Agora, as aeronaves não tripuladas dão assistência a agências como FBI, Serviço Secreto, Texas Rangers e polícia local.

Apesar de os usos da captura de sinais sem fio não estarem claros, os drones têm a capacidade de identificar múltiplos sinais e fornecer a localização exata de um suspeito. Esse recurso levanta questões sobre a liberdade dos indivíduos e privacidade, já que os drones se tornam cada vez mais comuns.

O departamento de Segurança Interna revelou à Cnet que a função de espionagem em redes sem fio ainda não foi implementada. "Quando isso ocorrer, qualquer uso será aplicado de acordo com os direitos e liberdades civis e respeitando a lei".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também