Austrália e China encontram novos possíveis destroços do MH370

Buscas se concentram no sul do Oceano Índico, a 1 500 quilômetros da Austrália

Atualização às 10:43: O Primeiro Ministro da Malasia Najib Razak anunciou que irá conceder uma entrevista coletiva às 11 horas, horário de Brasília. De acordo com a Sky News, o governo malaio fretou aviões para levar os parentes dos desaparecidos para a Austrália nas próximas horas.

Um avião militar chinês que sobrevoa o Oceano Índico em busca de possíveis de destroços do avião desparecido da Malaysia Airlines encontrou novos objetos flutuando, na manhã desta segunda-feira. 

Também hoje, um avião da força aérea australiana localizou dois objetos a cerca de 1 500 quilômetros do país: um cinza circular e outro laranja e retangular, segundo o primeiro ministro australiano Tony Abbott.

Ele afirmou que os objetos eram diferentes dos possíveis destroços localizados hoje pela China. Abbott disse que aeronaves australianas, americanas e japonesas estão a caminho do local para continuar as buscas.

Abbott mais uma vez alertou para os riscos de que os objetos não tenham relação com a aeronave perdida. "Eles podem ser lixo de navios de carga", disse no Parlamento Australiano. "Porém, estamos esperançosos de que poderemos recuperar esses objetos logo e que eles nos farão dar um passo a mais para resolver esse trágico mistério."

Já um boletim de um avião da força aérea chinesa também deu sinais que a busca pode estar se aproximando de um final. "A tripulação de um avião chinês IL-76 avistou alguns objetos suspeitos no sul do Oceano Índico na segunda-feira", disse um repórter da Xinhua, agencia de notícias oficial da China, que está no avião de buscas.

A aeronave encontrou vários objetos de uma altura de 3 200 pés (1 000 metros de altura), incluindo dois grandes pedaços. "Havia dois grandes objetos, e alguns pequenos fragmentos brancos dentro de um raio de vários quilômetros", afirmou o repórter.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.