Agência trabalha em sistema para substituir GPS tradicional

Darpa anunciou esforço para livrar o sistema da necessidade de uso de satélites

Nascido como um projeto militar dos Estados Unidos, o sistema de posicionamento global (GPS) que equipa veículos e smartphones depende de um complexo sistema de satélites para fornecer localizações precisas. Foi a Darpa, agência americana que pesquisa novas tecnologias para uso militar, que lançou nos anos 1980 um programa de miniaturização desse equipamento, conhecido como Virginia Slims. Agora, a agência trabalha em uma nova geração. 

O principal objetivo do projeto é tornar o sistema independente do conjunto de satélites que orbita a Terra, base do GPS como conhecemos hoje. Isso porque existem áreas fora da cobertura desse tipo de equipamento, e também porque a rede atual é vulnerável a interceptações e bloqueios inimigos. 

Obviamente, a Darpa não fornece detalhes no artigo publicado na semana passada. O texto faz parte de um conjunto maior de previsões tecnológicas estudadas dentro da agência. Mas há algumas prévias: 

"Para solucionar essa necessidade, a Darpa investe em novas tecnologias radicais que têm o potencial de fornecer qualidade de posição como a do GPS, incluindo aparelhos de medição inercial que usem interferometria atômica; giroscópios que se calibram sozinhos; acelerômetros e relógios; e relógios atômicos com pulso laser e fontes de mico-ondas." 

O futuro do GPS parece complexo, mas brilhante. 

Fonte: Extreme Tech

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.