Tecnologia

84% dos smartphones vendidos no terceiro tri têm Android

Foram comercializados 268 milhões de smartphones com o sistema operacional do Google entre julho e setembro deste ano, pelas contas da Strategy Analytics


	Android: performance do sistema está sendo puxada principalmente por mercados emergentes
 (Brett Gundlock/Bloomberg)

Android: performance do sistema está sendo puxada principalmente por mercados emergentes (Brett Gundlock/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de outubro de 2014 às 16h53.

São Paulo - Qual será o limite da liderança do Android entre os sistemas operacionais móveis?

No terceiro trimestre deste ano, a plataforma do Google esteve presente em 83,6% dos smartphones vendidos no mundo inteiro, mantendo seu ritmo de crescimento trimestre a trimestre.

No mesmo período do ano passado, o Android respondera por 81,4% das vendas.

Foram comercializados 268 milhões de smartphones com o sistema operacional do Google entre julho e setembro deste ano, pelas contas da Strategy Analytics, que calcula um total de 320,4 milhões para o período – um pouco menos do que o previsto pelo IDC, de 327 milhões.

A performance do Android está sendo puxada principalmente por mercados emergentes na América Latina, África e Ásia.

Enquanto o Android ganha mais participação, os demais sistemas perdem. O share do iOS em smartphones vendidos caiu de 13,4% para 12,3% em um ano.

Sua maior dificuldade é não ter aparelhos baratos. O Windows Phone, por sua vez, caiu de 4,1% para 3,3%, com dificuldade de emplacar na China e no Japão.

E o BlackBerry seguiu diminuindo, passando de 1% para 0,7%. Outros sistemas operacionais, como Firefox OS, representaram apenas 0,1% das vendas do terceiro trimestre.

Acompanhe tudo sobre:AndroidGoogleIndústria eletroeletrônicaSmartphonesTeletimeVendas

Mais de Tecnologia

Meta negocia comprar 5% da EssilorLuxottica, dona da Ray-Ban que comprou a Supreme, diz WSJ

Meta abre dados do Instagram para estudo do impacto na saúde mental de adolescentes

O que é o Prime Day? Nos EUA, ele deve movimentar US$ 14 bilhões

Elon Musk decide transferir sedes da SpaceX e X para o Texas

Mais na Exame