Negócios
Apresentado por UGF

Como a Unimed Grande Florianópolis se modernizou com a digitalização

Inovações da UGF incluem uma cápsula de pronto atendimento de telemedicina, a Doctor-U, e aposta no chamado anywhere office

Unimed Grande Florianópolis: cápsula de pronto atendimento proporciona consulta online, além de prescrições de exames, medicamentos e atestados (Unimed/Divulgação)

Unimed Grande Florianópolis: cápsula de pronto atendimento proporciona consulta online, além de prescrições de exames, medicamentos e atestados (Unimed/Divulgação)

e

exame.solutions

Publicado em 10 de janeiro de 2022 às 08h00.

Longe de virar uma daquelas empresas tradicionais pelo fator idade, a Unimed Grande Florianópolis (UGF), que completou 50 anos em 2021, abraçou a inovação e fez uma espécie de shift na cultura organizacional e na transformação de seus produtos e serviços.

Conectada a um ecossistema de parcerias, o papel físico deu lugar a soluções digitais, o home office se transformou no anywhere office, que permite trabalhar de qualquer lugar, e burocracias estão sendo descomplicadas.

Essa sinergia originou a Doctor-U, uma cápsula de pronto atendimento de telemedicina que faz o trabalho similar ao da triagem médica do pronto-socorro, conectando pacientes com médicos via teleconsulta em poucos instantes.

Lançada em 2020, é a primeira no país a entregar esse tipo de experiência e já foi instalada em hubs de inovação como a Acate e em clientes como a Intelbras e a Portobello.

Richard Oliveira, CEO da UGF: tecnologia para promover a prevenção e reduzir custos (UGF/Divulgação)

Saúde e inovação com cápsulas de telemedicina

A Doctor-U é fácil de ser instalada e demanda apenas energia elétrica e internet. A cápsula mede 2,5 metros de altura por 1,6 de largura e se inspira em modelos já existentes na China e nos Estados Unidos.

O uso é individual — ou seja, entra na Doctor-U um paciente por vez para aferir e medir os sinais vitais. As informações geram um relatório que é integrado a um prontuário, e o paciente pode conectar-se com o médico via teleconsulta dentro da própria cápsula.

Criada em meio à pandemia de covid-19, a Doctor-U surgiu para unir pacientes e médicos e conter a lotação típica da época nas unidades de saúde, que também eram procuradas para casos de menor gravidade. O foco da Doctor-U é justamente atender situações não emergenciais e esclarecer dúvidas de saúde, 24 horas por dia.

Além da consulta online (100% digital), o serviço contempla prescrições de exames, medicamentos e atestados.

“Com a tecnologia, criamos uma forma prática, inteligente e eficaz de contribuir com a prevenção, que diminui os custos para todos os envolvidos no nosso ecossistema”, diz Richard Oliveira, CEO da UGF. “Nosso objetivo principal, afinal, é promover a saúde.”

A preocupação com o bem-estar do paciente também foi pensada em cada detalhe, razão pela qual todos os pontos de contato recebem proteção de adesivos e películas que anulam a ação do novo coronavírus e de qualquer espécie de bactéria ou vírus. Em expansão, a Doctor-U será levada a diferentes cidades e em pontos centrais para acesso de mais pessoas.

Dr. Théo Fernando Bub, presidente da UGF: inovação tem ajudado a empresa a inspirar pessoas e encurtar distâncias (UGF/Divulgação)

Atendimentos repensados para a era digital

Nos últimos anos, a Unimed Grande Florianópolis, ciente de que o mundo está cada vez mais digitalizado, dedicou-se a criar um ecossistema fértil a novas experiências.

Não à toa, seu slogan atual é #ObsessãoPeloCliente, que ecoa pelas 15 áreas de negócio da companhia. Mais do que um posicionamento interno, o bordão surgiu para pulverizar na prática seu significado aos mais de 200.000 beneficiários, de modo que tudo é pensado e planejado para melhorar a jornada deles.

O aplicativo Cliente UGF, por exemplo, foi reformulado no início de 2021, e desde então mais de 15 atualizações foram lançadas com funcionalidades e melhorias que respondem na prática o significado dessa obsessão por fazer mais.

“Hoje também somos uma empresa de tecnologia”, acrescenta o CEO da UGF, lembrando que o número de profissionais da área de tecnologia da informação (TI) saltou de 39, em 2017, para 65.

A trilha de maturidade também foi estabelecida para facilitar a gestão do plano pelas empresas contratantes. Recursos ágeis e mais velozes reduzem para poucas horas uma jornada que poderia levar dias para acontecer. Simples e tecnológico, o novo Portal Empresas está 100% digital.

Cooperados reconhecidos

Embora os clientes estejam no centro, os médicos cooperados formam outro público de representatividade. Iniciativas de valorização e programas de remuneração foram colocados em prática.

Um exemplo é o Backbeat, o programa de remuneração variável com indicadores que retratam a saúde econômico-financeira da empresa.

A transparência dos dados é questão de honra para uma gestão técnica e comandada sob os princípios da governança corporativa e do compliance, e a tradução de backbeat, “todos na mesma batida”, simboliza a união dos médicos, fomenta a cultura meritocrática e de resultados por performance.

Mas o espírito inovador do qual a UGF incentiva seus colaboradores trouxe outra solução, batizada de Techcash. É um novo modelo de pagamento no ecossistema financeiro do sistema de saúde. Ele encurta para apenas um dia o pagamento médico que aconteceria em quase dois meses.

A novidade foi comemorada pelo presidente da Unimed Grande Florianópolis, Dr. Théo Fernando Bub. “Deixamos uma cultura conservadora no passado e fizemos com que a cooperativa virasse referência nacional”, afirma. Não por acaso, o poder da inovação na UGF tem inspirado pessoas, empresas e encurtado distâncias. É a ponte para um futuro melhor. E bem mais saudável.

Acompanhe tudo sobre:SaúdeUnimed

Mais de Negócios

No lugar do call center, IA que cobra dívidas fecha mais de R$ 54 milhões em acordos em três meses

De olho na Agenda 2030, a Cedro Participações avança em seus compromissos ESG

Destruída pelas águas, indústria de vidros do RS vai se reerguer em novo local — agora, longe do rio

Criada na Bayer e investida da Yara, Bravium e Itaú BBA, essa startup quer ser o marketplace do agro

Mais na Exame