Papel de empreendedor

Bruno Gagliasso, ex-Globo e em um relacionamento sério com a Netflix, também atua com desenvoltura no campo dos negócios
 (Abdulhamid Hosbas/Anadolu Agency/Getty Images)
(Abdulhamid Hosbas/Anadolu Agency/Getty Images)
I
Ivan Padilla

Publicado em 23/04/2020 às 05:30.

Última atualização em 12/02/2021 às 14:32.

Em dezembro, saiu o teaser: Bruno Gagliasso sendo entrevistado pelo ator Pedro Alonso, o Berlim de La Casa de Papel, pedindo um papel na série. A brincadeira escondia a séria decisão de trocar a TV Globo pela Netflix. Ele participará de dois projetos no canal de streaming, um nacional e outro internacional. O início das gravações está previsto para o fim do ano. Gagliasso é pai de Titi e Bless, e sua mulher, Giovanna Ewbank, está grávida. Ele também atua como empreendedor. Teve o restaurante Le Manjue e ainda possui uma franquia do americano Burger Joint. Criou a Credpago, startup que vende fiança a inquilinos (e tem como sócio o BTG Pactual, do mesmo grupo que controla a EXAME), e é proprietário do salão de beleza Espaço Gioh e das pousadas Maria Bonita e Maria Flor, em Fernando de Noronha. Gagliasso empresta ainda seu rosto para Renault, Olympikus, Pharmaton, Rappi, Microcolins e Coca-Cola. Com Ewbank, está em campanhas de Technos e Seara.