Médico cria clínica "faz tudo" para melhorar experiência do paciente

Nos Estados Unidos, o médico Raphael Brandão viu um negócio ao cuidar de tudo na vida do paciente
Raphael Brandão (Divulgação/Divulgação)
Raphael Brandão (Divulgação/Divulgação)
Por Mariana DesidérioPublicado em 19/05/2022 05:30 | Última atualização em 18/05/2022 19:53Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O médico oncologista Raphael Brandão importou dos Estados Unidos, onde morou por dois anos durante um curso na Universidade Harvard, o modelo de clínica concierge. Por trás desse tipo de assistência médica está a meta de resolver qualquer problema do paciente — seja qual for a moléstia.

Assim nasceu a First, uma clínica focada em medicina preditiva e preventiva. A First visita internados, faz home care com telemedicina, marca exames, monitora doentes crônicos e até ajuda clientes em viagem a achar remédios.

O pontapé inicial foi treinar médicos no chamado “encantamento do paciente”, uma variação da temática da “experiência do cliente”, cada vez mais comum em departamentos de marketing mundo afora. “A vendedora da Casas Bahia é treinada para ganhar a confiança do cliente; o médico tem de fazer isso também”, diz.

“Gostamos de mimar o paciente para cuidar dele da juventude à velhice”, completa. Aberta em agosto de 2020, a First atendeu 2.500 pacientes e faturou 12 milhões de reais no ano passado. Agora prepara a abertura da segunda unidade — serão mais três até o fim do ano.

LEIA TAMBÉM: