Revista Exame
Acompanhe:

As principais tendências para 2023

Um ano marcado por novidade no dia 1º, com a posse do novo governo, deve ter mudanças profundas na economia, política, agenda climática, cultura e tecnologia

 (Julia Jabur/Exame)

(Julia Jabur/Exame)

D
Da Redação

15 de dezembro de 2022, 14h29

O ano de 2023 começa sob o signo da mudança. Já no dia 1o de janeiro, Luiz Inácio Lula da Silva subirá a rampa do Palácio do Planalto com a intenção de ampliar gastos sociais e mudar os rumos da política e da economia seguidos até então pelo antecessor, Jair Bolsonaro. No exterior, o efeito da alta global dos juros para fazer frente à inflação de 2022 deve colocar quase um terço dos países em recessão já nos primeiros meses de 2023. Algumas mudanças previstas, contudo, não têm hora marcada, mas devem dar as caras nos próximos meses. Os estilistas mais famosos do que as grifes para as quais trabalham, a volta forçada de milhões de trabalhadores aos escritórios, a queda no preço das matérias-primas agrícolas, entre outros temas, devem pautar o debate público. 

Alguns assuntos serão herdados de 2022. Vide a guerra na Ucrânia, um drama global ainda longe de uma solução e que, ao que tudo indica, deverá respingar em 2024. Ou, ainda, o futuro do metaverso, tecnologia que gerou muito frenesi nos últimos meses e deverá mostrar a que veio em 2023. A agenda climática, cada vez mais falada nos últimos anos, deverá ganhar ainda mais contornos sociais. A contribuição de povos originários no combate ao aquecimento global, tema frequente na 27a Conferência do Clima realizada em novembro no Egito, tem tudo para ganhar evidência daqui para a frente. Nas próximas páginas, acompanhe uma seleção de 23 ideias que deverão fazer parte do dia a dia de 2023.  

O Brasil na velocidade do 5g

As operadoras de telefonia investem pesado na internet móvel super-rápida e querem conectar robôs e drones nas empresas

Para as startups, o lucro será fundamental 

Num mundo com dinheiro mais caro, startups capazes de gerar lucro desde o início conseguirão vencer o “inverno das startups”

A diversidade vai virar regra na B3

A bolsa brasileira terá metas para inclusão de grupos pouco representados no topo de negócios listados

A valorização da experiência

Cinco entre dez empresas brasileiras querem aumentar a presença de profissionais mais velhos até 2025

O ano do caos ou um pouso suave?

Com guerra e inflação, 2023 começa com debate sobre recessão na mira do mundo desenvolvido 

Vaquinhas digitais

Regras mais flexíveis para o equity crowdfunding devem expandir o mercado de mini-investimentos em startups 

Amazônia em pauta

Sob os holofotes internacionais, o governo Lula conseguirá reduzir o índice de desmatamento?

O batismo de fogo  do metaverso

O frenesi com a realidade virtual dá sinais de ter ficado no passado. Bom momento para seguir firme por ali

O impacto positivo do turismo

Causar o mínimo dano aos destinos já não é mais suficiente. Agora a moda é cuidar da população local

Os estilistas maiores do que as próprias marcas

Por causa das redes sociais, diretores criativos disputam holofotes com as grifes que comandam — e estão vencendo

O dilema do engajamento

O quiet quitting levantou uma discussão importante: nunca estivemos tão pouco motivados com o trabalho

Luxo até na hora do bem-estar

O mercado de saúde de alto padrão cresceu 50% no Brasil desde 2019 e já fatura 1,8 bilhão de reais

ESG para grandes poluidores 

Ambientalistas e investidores deverão olhar com mais vigor para alternativas aos combustíveis fósseis

Você ainda vai ser chipado

Ao que tudo indica, chegou finalmente o momento de a pele humana virar uma plataforma para os computadores

Guerra sem fim

Ataque russo à Ucrânia completa um ano em 2023, sem saída no horizonte por ora

Commodities em queda

Após anos dourados, produtores vão ter um cenário adverso no Brasil e lá fora. Hora de fazer mais com menos

Aposta alta nos jogos online

Empresas de apostas esportivas online esperam regras mais claras no país para avançar investimentos

Conhecimento ancestral

Como a cultura dos povos originários pode ser uma resposta à crise climática

O cabo de guerra do escritório

De um lado, empresas tentam retomar o trabalho presencial. Do outro, profissionais se recusam a abandonar o home office

A nova (mesmo) MPB

Uma nova geração de artistas brasileiros que misturam diversos ritmos renova como nunca a música popular 

Carreiras quentes para 2023 

Tecnologia, logística e ESG estarão em alta, mesmo com as incertezas do cenário macro 

O ano dos R$ 200 bilhões

O setor de franquias voltou a crescer dois dígitos e deve se manter aquecido, mas o cliente ficou mais exigente

A volta de Lula

O petista encontrará um país repleto de desafios e precisará fazer amplas alianças para garantir a governabilidade