Pop

Shakira se pronuncia pela primeira vez após separação com Pique

"Um de nós dois tinha que se sacrificar", disse a cantora à revista Elle

O casal havia anunciado a separação em junho deste ano (Gotham/Getty Images)

O casal havia anunciado a separação em junho deste ano (Gotham/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 21 de setembro de 2022 às 20h06.

Última atualização em 21 de setembro de 2022 às 20h14.

De junho para cá, três meses após a separação com o jogador Gerald Piqué, do Barcelona, Shakira finalmente veio a público para comentar sobre as dores e dificuldades do divórcio. Em entrevista à revista Elle americana, a cantora afirmou que segue abalada.

"É muito difícil falar sobre a separação, ainda mais que é a primeira vez que falo sobre isso em uma entrevista. É difícil falar porque ainda passo por ela e porque estou sob os olhos do público... É uma separação incomum. Tem sido difícil não só para mim, mas para as crianças também. Extremamente difícil. Há paparazzi acampado na porta da minha casa 24h por dia", desabafou a artista.

A preocupação maior da artista, no entanto, está relacionada aos dois filhos, Milan (9) e Sasha (7).

"Não há um lugar que eu possa me esconder com meus filhos, exceto a minha casa. Nós não podemos ir a um parque como uma família normal, ou tomar um sorvete sem que alguém nos siga. Eu tento protegê-los, porque essa é minha missão número um na vida. Mas e quando eles escutam algo na escola ou chega até eles alguma notícia desagradável?", acrescentou.

Tempo de "sacrifícios" pela família

Refletindo sobre os momentos com o jogador e todo o relacionamento com Piqué, Shakira destacou que foi preciso fazer "sacrifícios" para manter a família estável.

"Antes de as crianças começarem a estudar, eu tinha uma vida de nômade. Viajava sem parar, ia pra todos os lugares do mundo, fazia turnês, saía para promover meus discos, construía escolas na Colômbia e estava em diferentes estudos", afirmou Shakira à Elle. "Mas, no fim de 2014, eu soube que teria que colocar minha carreira em segundo plano. Era preciso me estabelecer, fincar raízes em Barcelona. Precisava estar lá para ele e pro Gerard também, ele queria jogar futebol e conquistar títulos, eu tinha que apoiá-lo. Um de nós dois tinha que se sacrificar", completou.

No fim, ela destaca que a decisão veio em prol de Milan e Sasha , para que tivessem uma mãe presente.

"Ou ele rescindiria seu contrato com o Barcelona e se mudava para os Estados Unidos comigo, onde está a minha carreira, ou eu o faria. Fiz um esforço e foi um sacrifício de amor. Meus filhos puderam ter uma mãe presente e criamos um vínculo inquebrantável, nós três. Isso é tudo o que posso dizer”.

Por que Shakira e Piqué terminaram?

Rumores, noticiados no jornal El Periódico, afirmavam Shakira havia flagrado o jogador com outra mulher. Até então, o casal já completava 11 anos de relacionamento, dois filhos.

A separação não tem sido simples para ambas as partes. No último dia 15, o programa de TV espanhol 'El Gordo y La Flaca' inclusive afirmou que o jogador do Barcelona havia mantido os prêmios musicais de Shakira em um escritório, sem que ela pudesse ter acesso a eles.

Ao longo de sua carreira, a cantora conquistou 15 Grammys. Ela os pediu de volta, segundo o programa, mas Piqué ainda não os devolveu.

LEIA TAMBÉM:

"El Dorado" de Shakira ganha Grammy de melhor álbum pop latino

Shakira e Gérard Piqué anunciam separação

Acompanhe tudo sobre:Música popShakira

Mais de Pop

Por que hoje é o Dia Mundial do Rock? Saiba a origem da data

Dia Mundial do Rock: veja as 10 maiores bandas de todos os tempos

Dia Mundial do Rock: os shows que marcaram a história da música

Elon Musk nega que teria se voluntariado para doar esperma para a colonização de Marte

Mais na Exame