Pop

Dia de São Jorge é feriado? Conheça a história do santo e saiba a origem da data

Para os católicos, São Jorge é símbolo da força de Deus na luta em favor dos povos excluídos e marginalizados; santo também é venerado em outras religiões

São Jorge: conheça um dos santos mais venerados da história (Getty Images)

São Jorge: conheça um dos santos mais venerados da história (Getty Images)

Luiza Vilela
Luiza Vilela

Repórter de POP e Redatora da Homepage

Publicado em 22 de abril de 2024 às 17h38.

Última atualização em 22 de abril de 2024 às 17h49.

Tudo sobreTurquia
Saiba mais

No dia 23 de abril, é comum que os cariocas acendam velas dentro de suas casas. O motivo é São Jorge, um dos santos da Igreja Católica mais venerados entre os fluminenses, homenageado na data.

Vestidos de vermelho e branco, os devotos do santo chegam cedo, ainda na alvorada, e ficam no bairro de Quintino (Rio de Janeiro) ao longo de todo o dia. Espalhadas pelas ruas também estão instaladas dezenas de barraquinhas de comes e bebes.

Apesar de não ser o padroeiro do estado, tampouco da capital — por lá, o padroeiro oficial é São Sebastião —, São Jorge tem um apreço tão popular que se tornou um dia de celebração reconhecido pela governo fluminense.

Para os católicos, São Jorge é símbolo da força de Deus na luta em favor dos povos excluídos e marginalizados. 

Quem foi São Jorge?

Popular em várias religiões, o santo é um dos poucos venerados tanto pela Igreja Católica quanto pela Ortodoxa. Também é reconhecido no Candomblé e na Umbanda.

Para os católicos, é representado por um homem com uma lança em cima de um cavalo branco. Foi um soldado que, segundo o Vaticano, morreu por ser cristão e é "padroeiro dos cavaleiros, soldados, escoteiros, esgrimistas e arqueiros". Costuma ser invocado "contra a peste, a lepra e as serpentes venenosas".

Além de ser um dos santos mais populares dos cristãos, São Jorge é personagem de diversas histórias medievais que perduraram no tempo e que incluem o famoso relato do combate a um dragão. Na umbanda e no candomblé, ele costuma ser associado a Oxóssi e a Ogum, orixás da caça e da guerra, respectivamente.

Não há registros que confirmem, de fato, a existência de São Jorge. Mas, na história mais popular, ele teria nascido por volta de 280 d. C. na Capadócia, antes de migrar para a Palestina. Foi integrante do exército do Império Romano e foi decapitado em 303 d. C. por se negar a matar e perseguir cristãos, em 23 de abril daquele ano.

A história de São Jorge foi se expandindo ao longo da idade medieval na Europa. Durante as cruzadas, o santo se tornou um trunfo para cavaleiros e soldados, tido como protetor dos cristãos contra os mouros.

São Jorge matou um dragão?

Depois de anos como protetor dos cristãos, em 1290, São Jorge foi um dos protagonistas do livro "Lenda Dourada", escrito por um escriba chamado Jacopo de Varazze. As páginas reuniam algumas das histórias contadas sobre o santo e outras, mais fictícias, sobre seus feitos extraordinários.

No capítulo dedicado a ele, conta-se a história de que a Capadócia sofria com um dragão que destruía as casas turcas e contaminava os rios. O povo, com medo da fera, oferecia jovens virgens como sacrifício para acalmá-lo. Quando a filha do rei da cidade foi enviada para o dragão, São Jorge foi protegê-la montado em um cavalo. Diz a lenda que ele teria vencido o monstro, cortando-lhe a cabeça.

Dia de São Jorge é feriado?

Comemorado no dia 23 de abril, o feriado de São Jorge é facultativo, ou seja, não se aplica a todos os estados e municípios brasileiros. No Rio de Janeiro, devido à popularidade, a data foi sancionada como feriado municipal em 2001 pela Câmara dos Vereadores e, em 2008, aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) para feriado estadual.

Veja abaixo as cidades que adotam o feriado:

  • Estado do Rio de Janeiro;
  • São Jorge de Ilhéus, na Bahia;
  • São Jorge d'Oeste, São Jorge do Ivaí e São Jorge do Patrocínio, todas no Paraná;
  • São Jorge, no Rio Grande do Sul.

Qual é a oração de São Jorge?

Segundo a Igreja Católica, a oração dedicada ao santo é:

Ó São Jorge, meu Santo Guerreiro, invencível na fé em Deus, que trazeis em vosso rosto a esperança e confiança, abre meus caminhos.

Eu andarei vestido e armado com vossas armas para que meus inimigos tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me enxerguem e nem em pensamentos possam me fazer mal. Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrarão sem ao meu corpo chegar, cordas e correntes se arrebentarão sem o meu corpo amarrar.

Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estendei vosso escudo e vossas poderosas armas, defendendo-me com vossa força e grandeza.

Ajudai-me a superar todo desânimo e a alcançar a graça que vos peço (neste momento é citado o pedido).

Dai-me coragem e esperança, fortalecei minha fé e auxiliai-me nesta necessidade. São Jorge, rogai por nós. Amém.

Qual é o próximo feriado nacional?

O próximo feriado brasileiro será no dia 1º de maio, o Dia Internacional do Trabalho, comemorado na quarta-feira.

(Com informações de Agência Brasil)

Acompanhe tudo sobre:FeriadosRio de Janeiro

Mais de Pop

Rock in Rio 2024: venda geral de ingressos começa nesta quinta; veja preços e como comprar

Disney+ sobe o preço da assinatura após fusão com Star+; veja novo valor

Suposto golpe na turnê do RBD pode ter deixado prejuízo de mais de R$ 5 milhões; entenda

Ator de 'This is Us' vai à formatura de Niles Fitch, seu filho na série

Mais na Exame