Zynga e Hasbro formam parceria para brinquedos e jogos

Empresas anunciaram que a Hasbro pagará pela licença de produção de itens baseados em jogos como CityVille e Mafia Wars

Será que estamos prestes a ver um jogo de tabuleiro baseado em Mafia Wars, ou um cavalinho de pelúcia inspirado em FarmVille?

A Hasbro, renomada fabricante de brinquedos norte-americana, e a produtora de jogos sociais Zynga anunciaram na quinta-feira que irão unir forças para desenvolver jogos e brinquedos baseados em títulos da Zynga, como o FarmVille.

As empresas anunciaram que a Hasbro pagará pela licença de produção de itens baseados em jogos da Zynga, a exemplo de CityVille e Mafia Wars, populares no site de redes sociais Facebook. O valor a ser pago pela licença não foi revelado.

O acordo também permitirá que ambas as companhias desenvolvam outros produtos com as marcas Hasbro e Zynga simultaneamente. Os primeiros itens devem surgir no final deste ano, de acordo com as empresas.

A Zynga conta com mais de 227 milhões de jogadores ativos a cada mês, na Internet.

A Rovio, empresa criadora dos populares videogames da série Angry Birds, já vendeu milhões de bichos de pelúcia. O jogo de tabuleiro Angry Birds: Knock on Wood, produzido pela Mattel, vem registrando bom desempenho de vendas no site da Amazon.com há meses.

"A Zynga atinge muita gente e, como a Mattel constatou com seu jogo Angry Birds, alguns jogos online são fáceis de traduzir para o mundo físico", disse Sean McGowan, analista da Needham & Company. "Construir uma fazenda ou cidade, por exemplo, poderia resultar em um bom jogo de tabuleiro".

Muitos dos usuários da Zynga são adultos, de modo que a demanda por brinquedos pode ser limitada. Mas o mesmo poderia ser dito sobre o Angry Birds, cujos bonecos da linha foram bem recebidos, acrescentou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.