Volkswagen começa a exportar eixos produzidos no Paraná

Os eixos traseiros fabricados na planta de São José dos Pinhais serão enviados à unidade de Pacheco, na Argentina

São Paulo - A fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais, no Paraná, começou a exportar eixos traseiros para a unidade de Pacheco, na Argentina.

Até o fim do ano, 25.000 peças devem ser enviadas.

“A exportação dos componentes para a Argentina representa uma nova oportunidade de negócio para a fábrica. Além disso, atesta a qualidade dos produtos fabricados nacionalmente" diz em nota o diretor da unidade, Luis Pinedo.

Os eixos traseiros são utilizados na fabricação dos modelos SpaceFox, na Argentina chamado de Suran, e Space Cross.

Os dois são vendidos no país vizinho e também importados para o Brasil.

A Volkswagen no Brasil já exporta outras peças, como os blocos de motor produzidos na fábrica de São Carlos, em São Paulo. Eles são mandados para a Alemanha e equipam os modelos Polo e up! fabricados na Europa.

A planta de São José dos Pinhais foi inaugurada em 1999 e já montou mais 2,4 milhões de veículos para o mercado interno e externo. Atualmente, ela produz os modelos Fox, CrossFox, SpaceFox e Golf.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.