Versace rememora os 20 anos da morte de seu fundador

A coleção desfilada nesta sexta (22), na Semana de Moda de Milão, foi uma homenagem ao legado de Gianni Versace
Versace: as modelos usaram vestidos longos metalizados - um dos looks eternizados por Versace (Alessandro Garofalo/Reuters)
Versace: as modelos usaram vestidos longos metalizados - um dos looks eternizados por Versace (Alessandro Garofalo/Reuters)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 22/09/2017 às 18:43.

Rememorando os 20 anos da morte de seu fundador, Gianni Versace, assassinado em 1997, a Versace decidiu homenagear o estilista no desfile da marca que ocorreu nesta sexta, 22, na Semana de Moda de Milão.

Para celebrar o legado do estilista, responsável pela glamurização da fila A, sua irmã, Donatella Versace, atual diretora criativa da marca, encerrou a apresentação com as supermodelos Cindy Crawford, Naomi Campbell, Claudia Schiffer, Helena Christensen e Carla Bruni, que usaram vestidos longos metalizados - um dos looks eternizados por Versace -, ao som de Freedom, de George Michael.

A coleção desfilada também foi uma homenagem ao legado de Gianni. A estilista estampou as peças com padronagens criadas por ele entre 1991 e 1995, algumas que ficaram muito famosas, como as de correntes e que imitam peles de animais.

"Gianni era um apaixonado, tão cheio de vida, e suas estampas realmente expressam este espírito", disse Donatella na coletiva de imprensa após o desfile.