Vale insiste em venda ou aluguel de navios para chineses

Mineradora quer evitar que preço de frete comprometa margens

São Paulo – A Vale ainda negocia a eventual venda ou aluguel de seus navios para transportadores chineses, de acordo declarações de Teddy Tang, diretor financeiro da Vale na China, a agência Bloomberg.

Segundo Tang, a maior preocupação é evitar que a Vale enfrente a mesma situação do ano passado, quando os custos de transporte estavam mais altos que o preço do minério.

Embora não tenha se referido explicitamente à frota de supercargueiros encomendada pela Vale, a eventual venda de parte da frota da mineradora pode abrangê-los. No início do mês, um diretor da Vale informou à Reuters de que a empresa negociaria acordos de venda ou arrendamento dos supercargueiros com armadores chineses.

Na ocasião, o executivo declarou que a Vale não pretende se tornar uma empresa de logística, e que a maior preocupação da companhia é assegurar que os custos de transporte sejam competitivos. Para tanto, os armadores deveriam assumir o compromisso de usar as embarcações apenas no transporte de minério entre Brasil e China.

Lançado na época de Roger Agnelli, o programa previa a construção de 35 supercargueiros de 360 metros e capacidade para transportar 400.000 toneladas de minério. Destes, 19 foram encomendados diretamente pela Vale. O restante seria construído por armadores da China e da Coreia do Sul, mediante contratos de arrendamento de 25 anos. O investimento total no projeto era de 4 bilhões de dólares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.